Pé da Letra

Pollyanna - Eleanor H. Porter

segunda-feira, abril 26, 2021

Pollyanna - Eleanor H. Porter

Se eu tivesse que traduzir a história que Eleanor H. Porter escreveu em uma frase, eu diria que é uma narrativa que mostra como os gestos simples podem mudar a vida das pessoas. E o quanto nós mesmos influenciamos a vida de tantas pessoas e nem nos damos conta disso.⁣

Sinopse do Livro:

A pequena cidade de beldingsville, no interior dos estados unidos, nunca mais seria a mesma depois da chegada de pollyanna, uma garotinha órfã de 11 anos que ficou ao cuidados da tia rica, a irritadiça e intransigente senhora polly harrington. Com sua extraordinária visão de mundo a encantadora menina conquista os habitantes da cidadezinha e ensina a todos o seu incrível "jogo de constante", um jogo capaz de transformar vidas e modificar destinos. Publicada como livro em 1913, a historia da alegre e corajosa menina se tornou um clássico da literatura infanto-juvenil e vem cativando diferentes gerações de leitores com sua poderosa mensagem de otimismo e superação das dificuldades. E impossível não se encantar por pollyanna, um exemplo inesquecível de amor, amizade e de como ver sempre o lado bom da vida.

Pollyanna - Eleanor H. Porter

Pollyanna é uma menina simples, que aprendeu com os pais que nenhuma dificuldade é tão grande e que nada é tão ruim que não se possa enxergar algo positivo ou construtivo da situação.⁣
Sim, em alguns momentos a história pode parecer um tanto exagerada, mas, preservarmos a nossa fé e a crença na felicidade é algo que vale a pena cultivar. Uma história leve. Uma ótima leitura.⁣

Pollyanna - Eleanor H. Porter

Essa edição da editora Pé da Letra está linda e mais. As páginas tem a coloração avermelhada na parte de fora, e essa ilustração da capa está um amor. Simplesmente amei.

Sobre a autora:

Nascida em Littleton, em Nova Hampshire, Eleanor Hodgman foi originalmente cantora, mas, mais tarde, enveredou pela literatura. Em 1892, casou com John Lyman Porter e se mudou para Massachusetts. Porter escreveu principalmente literatura infantojuvenil, incluindo três livros Miss Billy (Miss Billy, Miss Billy's Decision e Miss Billy Married), Cross Currents (1928), The Turn of the Tide (1928) e Six Star Ranch (1912).

Seu romance mais conhecido é Pollyanna (no Brasil, "Poliana") (1913), sendo lançada, posteriormente, a continuação Pollyanna Grows Up (no Brasil, "Pollyanna Moça") (1915). Seus romances adultos incluem The Story of Marco (1920), Just David (1915), The Road to Understanding (1916), Oh Money Money (1917), Dawn (1918), Keith's Dark Tower (1919), Mary Marie (1920) e Sister Sue (1921). Suas histórias curtas incluem Money, Love and Kate (1924) e Little Pardner (1927). Morreu em Cambridge, em Massachusetts, em 1920.

LEIA TAMBÉM

12 comentários

  1. Livro mais lindo, amei sua resenha!

    http://www.meblog.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia mesmo mas fiquei com vontade de ler.
    Boa semana
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  3. Eu amo esse livro, inclusive tem a continuação Polyanna Moça, já leu?

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Sempre quis ler esse livro, parece tão amorzinho, apesar do ar tão moralista talvez me irrite - tive essa coisa lendo Mulherzinhas.
    Essa edição está linda, amei a ilustração da capa.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Olá, Monique.
    Eu li esse livro tem tanto tempo que pouco lembro da história, mas o que me recordo são lembranças felizes. O otimismo dela é insuperável. Eu tenho o livro aqui, não essa edição, e vou reler assim que der.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Mo, sua linda, tudo bem?
    Acredita que nunca li essa história? Mas acho linda essa atitude. Às vezes a vida se mostra muito difícil, e é preciso ter muita fé e perseverança para conseguir vencer as dificuldades e ser feliz. Essa edição está linda. Não vejo a hora de ler.

    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Fiquei encantada pela história só pelas coisas que você disse!
    Adoro histórias leves e inspiradoras assim, que deixam o coração quentinho ♥
    Quero ler!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Monique,
    Essa edição está linda demais ^^ Eu lembro que quando era adolescente meus avós entregaram o livro "Pollyanna Moça" para minha irmã mais velha ler, e eu torci o nariz e pensei, ainda bem que entregaram para ela e não pra mim kkkkk. Achava que tudo era conspiração. Naquela época não queria ler Pollyanna eu queria ler os livros de romance de banca (muito hot) do meu tio, ainda bem que consegui a permissão dele para ler, mas quando minha mãe me pegou lendo o segundo livro do gênero me proibiu, não devia ter mostrado kkkkkkk. Mas ainda quero conhecer essa história, hoje sei que é um clássico e clássicos existem para serem conhecidos ^^
    Bjos
    https://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei a capa. Muito fofa. Deve ser uma estória emocionante.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  10. Oi Monique

    Eu li esse livro e a continuação no começo da minha adolescência e foi uma favorito da vida, reli e já não vejo tudo com a mesma magia dos meus poucos anos, mas adoro como esse livro é toque de esperança e positividade.

    Boas leituras,
    Karen Gabrieli | Apesar do Caos

    ResponderExcluir
  11. Eu amei demais quando li. Li o primeiro e segundo Pollyana e simplesmente achei encantadora. Essa edição é linda demais! As que tenho é a edição da Ciranda Cultural.

    Blog Karolini Barbara | Instagram Karolini Barbara

    ResponderExcluir
  12. Acredita que eu nunca li :( e tem surgido edições tão lindinhas como essa que você tem em mãos.
    Já vi tantas vezes pessoas usarem o termo (colocar meus óculos de Pollyana, tanto em um bom, quanto em um mal sentido) que gostaria de fazer essa leitura para entender e tirar as minhas próprias conclusões hehe.
    Um beijo

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter