14 setembro 2017

Dica de Livro: À Primeira Vista

Dica de Livro: À Primeira Vista
Você quer ser meu amigo?! Essa é uma história de encontros à primeira vista e inusitados, de amizades à primeira vista. Um livro recheado de sentimentos que nos fazem transbordar. Lançamento de ficção juvenil deste ano da Galera Record, que fará você transbordar de sentimentos.

Sinopse do livro:

Esqueça amor à primeira vista. Esta é uma história de amizade à primeira vista... ou quase. Mark e Kate são da mesma turma de cálculo, mas nunca trocaram uma única palavra. Fora da escola, seus caminhos nunca se cruzaram... Até uma noite, em meio à semana do orgulho gay de São Francisco. Mark, apaixonado pelo melhor amigo — que pode ou não se sentir do mesmo jeito —, aceita o desafio que mudará sua vida. E sobe no balcão do bar em um concurso de dança um pouco diferente. Na plateia, Kate, fugindo da garota que ela ama a distância por meses e confusa por não se sentir mais em sintonia com as próprias amigas, se encanta pela coragem e entrega do rapaz. E decide: eles vão ser amigos. Em meio a festas exclusivas, fotógrafos famosos, exposições em galerias hypadas, essa ligação se torna cada vez mais forte. E Mark e Kate logo descobrem que, em muito pouco tempo, conhecem um ao outro melhor que qualquer pessoa. Uma história comovente sobre navegar as alegrias e tristezas do primeiro amor... uma verdade de cada vez.

Dica de Livro: À Primeira Vista
Mark é um cara gay, jogador de beisebol, estudante e super assumido, que tem uma grande quedinha pelo seu melhor amigo Ryan, que é poeta e escreve para a revista da escola. Apesar de Ryan também ser gay, ele tem dificuldade em se assumir publicamente como o amigo, segundo ele: "ser gay não é da conta de ninguém". Mesmo os dois já tendo ficado algumas vezes, foram só casinhos de momento entre os dois, mesmo Mark querendo algo a mais. Kate gosta de uma menina (a prima da sua melhor amiga) e fica super nervosa só de pensar em se declarar ou apenas conversar com essa paixão. Ela e Mark são colegas de classe, mas nunca chegaram à se falar, até a semana do Orgulho Gay em São Francisco, onde por um acaso do destino, os dois se encontram em um bar gay e viram amigos.

Os capítulos do livro são intercalados entre os dois personagens principais: Kate e Mark, fazendo com que o leitor se familiarize e conheça um pouco da vida e dos pensamentos de cada um sobre os acontecimentos. Esse sistema de cada um ser um capítulo me incomoda um pouco (eu já falei isso outras vezes), mas isso é opinião bem pessoal.

Nesse livro vamos encontrar vários fatos do nosso cotidiano que os autores quiseram abordar, como, por exemplo, a aceitação tanto dos outros como também internamente das pessoas que são gays como os personagens. Também o papel e importância da família e amigos nesse processo de descobrimento. Além do valor da amizade verdadeira, ou as intrigas que a amizade pode ter. A amizade é o ponto alto dessa história, mesmo acontecendo alguns romances também. A amizade à primeira vista que acontece e termina em uma semana, e que se faz ter muitas revelações.

"Acho que Katie e eu formamos nossa própria aliança do arco-íris. Parece algo que eu sempre quis, mas não sabia que queria até ter: uma parceira no crime."
Dica de Livro: À Primeira Vista

O livro é bem fácil e rápido de ler. A história é curtinha tanto em páginas como na narrativa, pois se passa em uma semana as quase 300 páginas. Fica um gostinho de "quero mais" pois é muito fácil se apegar aos personagens, sentir a amizade e o carinho de um com o outro. Eles fazem o leitor se sentir parte dessa amizade. Também temos partes muito divertidas na história, o que torna a leitura ainda mais gostosa.

O que me chateou um pouco, é que mesmo tendo dois autores, que possivelmente escreveram cada um de um personagem da história, as vezes os pensamentos parecem parecidos e copiados. As personalidades dos personagens mesmo diferentes às vezes se confundem. Isso não à ponto de prejudicar a fluidez da leitura, mas sim na identificação das personalidades.

Sobre a edição:

A edição é simples, a capa não me chama muito a atenção, apesar de ter um acabamento emborrachado muito gostosinho de se sentir. A diagramação é ótima com a separação de capítulos e tamanho da fonte muito bem pensado para não cansar o leitor. As páginas são amareladas.

Sobre os autores:

David Levithan é um editor de ficção jovem americano adulto e autor premiado. Ele teve seu primeiro livro, Boy Meets Boy, publicado em 2003. Ele tem escrito inúmeras obras com personagens gays do sexo masculino, principalmente Boy Meets Boy e Nick and Norah's Infinite Playlist. Aos 19 anos, Levithan recebeu um estágio na Scholastic Corporation, onde começou a trabalhar na série The Baby-sitters Club. Dezessete anos depois, Levithan ainda está trabalhando para Scholastic como diretor editorial. Levithan é também o editor-fundador do PUSH, uma marca jovem-adulto da Scholastic Press enfocando novas vozes e novos autores.
Nina LaCour é a autora dos aclamados livros Hold Still, The Disenchantments e Everything Leads To You. Ela também é coautora, junto com David Levithan, de À primeira vista. Com experiência de livreira e professora de ensino médio, ela agora escreve e cuida da filha em tempo integral. Nascida na região da baía de São Francisco, Nina mora com a família em Martinez, Califórnia.

................................................................
Editora: Record
Autores: David Levithan e Nina LaCour
Assunto: Ficção Juvenil
Páginas: 292
Compre o livro: Amazon | Livraria da Folha


Avaliação da Leitura:  

................................................................ 
12 setembro 2017

Dica de Livro: Graça e Maldição

Dica de Livro: Graça e Maldição
Se você acreditar com todas as suas forças em algo, esse algo pode realmente acontecer igual magia?! Em Graça e Maldição, publicado pela Galera Record, vamos descobrir toda essa magia e crença em algo além do nosso entendimento. E ao fim da leitura, só uma pergunta irá restar: Isso tudo é graça ou maldição?!

Sinopse do livro:

Um thriller que mantém a magia ambígua até a narrativa ganhar asas e levar o leitor por uma viagem intensa, estranha e envolvente Como todos os outros na pequena cidade, River é obcecada pelos Grace. Fenrin, Thalia e Summer Grace são carismáticos, charmosos e ricos — e há boatos de que sua influência se estende aos mais altos degraus da política mundial. Se você não ama um deles, quer ser exatamente como um deles. Especialmente River, a nova aluna da escola local... Que de repente é acolhida pela família que todos reverenciam e temem em igual medida. Ela é diferente. Mas o que os Grace não sabem é que a garota não está na cidade por acaso; ela sabe exatamente o que está fazendo. Ou não?

Dica de Livro: Graça e Maldição

River é nossa narradora e protagonista. Ela é uma adolescente que acaba de se mudar para a cidade nova (não conhece ninguém, não tem amigos, essas coisas). Na cidade conhecemos a família Grace, que se destaca na multidão, têm muita influência sobre as pessoas, são ricos, e tem poder. Os três irmãos, Summer, Thalia e Fenrin deixam River encantada na escola (pela popularidade além dos boatos) e ela começa a se aproximar desse mistério. Logo que somos apresentados a nossa misteriosa protagonista, já percebemos que ela parece um tipo de pesquisadora ou adoradora (muitas vezes fanática) pela família Grace e pela magia. Tudo isso porque existem boatos na cidade, de que os Grace são bruxos (ou pessoas que praticam magia), e River acha que se conseguir aprender magia também, conseguirá achar o pai dela que está desaparecido.

Todo o mistério e as "fofocas" da família Grace surgiu no aniversário de oito anos dos gêmeos Thalia e Fenrin. Depois de uma brincadeira sem permissão, que envolvia um tabuleiro de Ouija, uma das crianças (convidados da festa) passa mal sem motivo aparente. A cidade começa a espalhar que a família possuí magia e que são bruxos que estão envolvidos em uma maldição. O aniversário foi em um 1º de agosto, e depois desse ano, todos os dias primeiros de agosto, ou dia seguinte, aconteciam coisas estranhas com alguém da cidade. Existe um boato que é a família se vingando das pessoas que falaram mal deles.

Nossa protagonista super misteriosa (que aliás ficamos sem saber o nome verdadeiro dela. Ela fala o nome River, mas não fica claro se é verdadeiro ou não. E esse nome só é citado após o 5º capítulo) começa a contar como começou a gostar de livros de feitiçaria. De cara já da a impressão que a River é uma lunática e louca. Mas como não pensar isso?! Afinal, esse não é um livro bonitinho sobre magia, e sim um thriller que te sufoca e não te deixa respirar de curiosidade, nervosismo, raiva e suspense.

"Eu não achava que a magia poderia ser do mal. Dependia da pessoa que a realizava, e não da coisa em si. Era como uma faca. Inerte até que alguém forçasse a própria vontade nela, fazendo-a entrar em ação. Poderia ser usada para cortar, libertar alguém ou matar. Era tudo e nada ao mesmo tempo, dependendo do propósito da força esterna."
Dica de Livro: Graça e Maldição

O livro acaba de um jeito muito louco, porque nos últimos capítulos surgem muitos sentimentos, de achar que um vai morrer, depois outro, aí ficar com raiva de um personagem, e depois de outro. As duas últimas frases do fim, de um jeito provocador finaliza com chave de ouro. Aquele estilo que você fica: eu amo mas odeio esse personagem desgraçado! kkkkk.

Esse é um livro de se "devorar" super rápido. Você começa a ler, e parece que não consegue mais parar, além de fluir muito bem, a ponto de ler 100 páginas em um "piscar de olhos". Thriller é uma leitura nova para mim, não leio muito, então não posso dizer se esse é melhor que outros dentro do gênero. Mas achei emocionante como a história se desenrolou, apesar de algumas coisinhas terem ficado perdidas no caminho. É um novo gênero que estou adorando com certeza.

Li muitas resenhas negativas, de pessoas que não gostaram da leitura, mas lendo as resenhas me pareceu como se as pessoas não tivessem entendido o que a autora quis passar, pois eu gostei muito da história. Claro, se você esperava grandes cenas de magia e ficção, não entre nessa, pois essa história passa bem longe de Harry Potter ou esse tipo de magia. Aqui a magia passa mais um mistério, uma brincadeira. Na verdade a pergunta não é respondida, se a magia existe mesmo realmente ou não, pois as falas são superficiais, num tom meio de brincadeira as vezes (talvez para alguns leitores isso pode ter soado falso na história, ou muito superficial), para mim que sou uma crítica nata, essa ideia me instigou a pensar sobre o assunto, e tenho a minhas teorias, que queria profundamente escrever aqui pois não tenho com quem desabafar (kkkk), mas não vou dar spoiler.

Como vocês puderam perceber, eu adorei a leitura e super recomendo. Ainda não sei responder se tudo isso é graça ou maldição, ou um pouquinho dos dois... acho que depende do ponto de vista. Leiam o livro e depois me respondam.

Sobre a edição:

Essa arte gráfica da capa está maravilhosa. Carrega bem esse lado mistico da história. Os capítulos são rápidos e curtos (adoro!), a diagramação é ótima e as páginas são amareladas.

Sobre a autora:

Laure Eve nasceu em Paris e, atualmente, mora em Londres, onde trabalha com edição de livros. É autora, ainda, de Fearsome dreamer e The Illusionists. Saiba mais sobre ela em: www.laureeve.co.uk


................................................................
Editora: Record
Autora: Laure Eve
Assunto: Ficção Juvenil/Thriller
Páginas: 348
Compre o livro: Amazon | Saraiva


Avaliação da Leitura:  

................................................................ 
11 setembro 2017

Coleção de Marcadores de Página #33

marcadores alice

Esses marcadores lindos da Alice no País das Maravilhas recebi de presente da Pati do blog dicalivros.blogspot.com.br
Ela viu lá pelo instagram que eu adoro Alice e mandou para a minha coleção. Não são lindos?!! Se você quiser ver toda minha coleção de marcadores da Alice é só clicar aqui e aqui.
08 setembro 2017

BOOK HAUL - Recebidos e Comprados - AGOSTO/2017

Olá queridos, hoje venho trazer mais um vídeo de recebidos e comprados. Mais comprados, porque como sempre, comprei muitos livros nessas promoções loucas que as lojas da internet estão fazendo e não tem como perder. Tem direito até a uma aquisição super fofa de unicórnio.





Pantufa de Unicórnio (Dicas):

Decidi escrever algumas dicas bem rápidas para quem quer comprar esse tipo de pantufa. O vendedor que eu comprei está nesse link aqui. Primeiramente, a pantufa é de ótima qualidade. O solado é bem grosso, o que deixa o caminhar bem macio/amortecido. As "paredes" ao redor da pantufa também são bem feitas e estofadinhas, o que deixa a pantufa mais justinha do que o tamanho original. Então, por esse motivo, minha dica é que você compre uns dois números a mais do que o que você costuma usar, pois se não pode não entrar. A minha demorou mais de dois meses para chegar e não foi taxada (eba!). Veio da Alemanha. Então a outra dica, mas quem compra fora já sabe é: tenha paciência, porque vai demorar. Eu estou super satisfeita com a pantufa, ela é muito bonita e igual anunciada como vocês podem ver, por isso decidi mostrar aqui para vocês. Espero que tenham gostado das dicas.

Se você vai comprar no AliExpress, ou compra bastante em loja online, e não conhece o Méliuz, te convido à conhecer neste link (aproveite e ganha um bônus se inscrevendo por esse link). Este é um site que além de ter cupons de desconto para muitas lojas, ele também te devolve porcentagem de dinheiro das suas compras. Eu uso bastante e super recomendo. No AliExpress por exemplo, é 4% do valor da compra que volta para você.

Para quem compra bastante livro online, principalmente com essas promos loucas que as lojas estão fazendo esse ano, imagine, além desse desconto, ainda receber um valor de volta?! Eu super recomendo! Só para deixar claro, sim, eu ganho um valorzinho se vocês se inscreverem pelo meu link, mas não é por isso que estou divulgando, e sim porque realmente vale muito a pena para quem compra bastante online, eu uso e super recomendo!