24 fevereiro 2017

Dica de Livro: A Escola do Bem e do Mal 2: Um Mundo sem Príncipes

A Escola do Bem e do Mal, volume 2, Soman Chainani, Editora Gutenberg
Com essa história tão comum hoje em dia, do empoderamento feminino, valorização da mulher, e as críticas à contos de fadas, onde as mulheres sempre precisariam de um príncipe para o seu final feliz (tem gente que acha que os contos de fadas ensinam isso, eu discordo totalmente, mas esse é assunto para outro post). Aparece esse livro com a proposta de um mundo (ou vários contos de fadas e histórias) sem os príncipes (sem meninos/homens).

Sinopse do livro:

Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.

A Escola do Bem e do Mal, volume 2, Soman Chainani, Editora Gutenberg



Depois que Agatha escolheu ficar com sua melhor amiga ao invés do príncipe, muita coisa mudou na Escola do Bem e do Mal. Antes dividida em Bem e Mal (que iriam se tornar príncipes/princesas ou vilões), agora está dividida em Escola de Meninas e Escola de Meninos. As meninas não precisam mais ser vaidosas, ou ser classificadas como princesas ou bruxas, porque agora as histórias delas não tinham mais príncipes. Elas faziam seu próprio destino como quisessem, sem precisar ficar arrumadas para as pessoas, ou impressionar em alguns estudos. Mas quando as amigas retornam a escola, percebem que deste jeito não está tão bom quanto poderia parecer.

"Houve uma época em que tudo que precisava para ser feliz era ter uma amiga. Então eu achei que precisasse de mais. Esse é o problema com contos de fadas. De longe, eles parecem perfeitos. Mas, de perto, são tão complicados quanto a vida real."
Esse livro me deixou com todas emoções possíveis em vista. Uma montanha russa a cada página. Em algumas horas estava ótima a leitura, ai depois ficava meio entediante, mas no fim, teve aquela surpresa boa que só me deixou com um pensamento: "O que será que acontecerá no terceiro livro? Não tenho palavras para descrever como esse livro acabou." Se você não viu ainda e quiser conferir a resenha do primeiro livro, clique aqui.

A Escola do Bem e do Mal, volume 2, Soman Chainani, Editora Gutenberg

Sobre a edição:

A edição, como a primeira, é muito bonita. Essa capa é mais do que maravilhosa, super colorida e chamativa, dá vontade de ler só por ela. Os começos de cada capítulo tem ilustrações, que só enriquecem ainda mais a leitura (na minha opinião). O espaçamento entre linhas e a diagramação das páginas são ótimos para não cansar a leitura, e as páginas são amareladas.

Sobre o autor:

Graduado em Harvard e escreveu uma tese sobre o motivo pelo qual os vilões são tão irresistíveis. Roteirista premiado, é mestre pela Columbia University na área de cinema e já trabalhou em mais de 150 festivais de cinema pelo mundo, ganhando diversos prêmios tanto pela direção quanto por roteiros, prêmios entre os mais cobiçados da área. Quando não está viajando, contando histórias ou em Nova York trabalhando como professor ele pode ser encontrado jogando tênis. Fazia mais de dez anos que não perdia um primeiro round, até começar a escrever...

Confira a resenha em vídeo:


................................................................
Editora: Gutenberg
Autor: Soman Chainani
Páginas: 352
Assunto: Ficção Fantasiosa
Para comprar: clique aqui


Avaliação da Leitura:  
................................................................ 
22 fevereiro 2017

Dica de Livro: Criatividade S.A.

Criatividade S.A. Editora Rocco, Ed Catmull



Sinopse do livro:

Qual a fórmula por trás de filmes adorados por multidões como Toy Story, Monstros S.A. ou Procurando Nemo? Em Criatividade S.A., Ed Catmull conta a trajetória de sucesso do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade, a Pixar, que ele ajudou a fundar, ao lado de Steve Jobs e John Lasseter, em 1986. Dos encontros da equipe às sessões de brainstorm, Catmull mostra como se constrói uma cultura da criatividade, num livro definitivo para quem busca inspiração para os próprios negócios. Para Catmull, a tecnologia jamais deve estar acima de uma boa história; cercar-se de gente mais inteligente do que você torna o ambiente mais propenso à inovação; e encontrar o lado positivo do fracasso é fundamental para garantir o próximo sucesso. Esses são alguns dos princípios apresentados por Catmull em Criatividade S.A. Quase 20 anos depois do lançamento do primeiro filme da trilogia Toy Story, Catmull, atual presidente da Pixar e da Walt Disney Animation Studios, narra a trajetória da empresa que revolucionou a indústria de animação cinematográfica. Entremeando conclusões sobre gestão de pessoal com entusiasmadas informações a respeito dos avanços em tecnologia digital, além da história da Pixar e do cinema de animação, Criatividade S.A. apresenta mais do que conselhos de negócios, com trechos descrevendo situações quase como um roteiro cinematográfico.

Quem me acompanha a um tempo por aqui, sabe que gosto de ler, de vez em quando, livros empresariais, mais voltado para negócios e criatividade (já que sou publicitária e tenho minha própria empresa). E também, todos vocês já sabem o quanto eu sou apaixonada pela Disney e Pixar. Então a pergunta que fica é: Porque eu demorei tanto tempo para ler esse livro?!

É muito bacana conhecer a história de Ed Catmull, presidente da Pixar e da Disney Animation, desde seu sonho de fazer o primeiro longa metragem de animação por computador do mundo, de trabalhar na Disney e ser rejeitado, de criar a Pixar e trabalhar com o gênio "difícil" de Steve Jobs, e a realização de seu sonho que foi só o começo: Toy Story. Uma coisa bem bacana que Ed Catmull mostra em seu livro é a importância que ele dá as pessoas/equipe, e o quanto foi importante e marcante a trajetória junto com Steve Jobs.

"Dê uma boa ideia a uma equipe medíocre e ela irá estragá-la. Dê uma ideia medíocre a uma grande equipe e ela irá corrigi-la ou oferecer uma coisa melhor. Se você puder ter a equipe certa, então terá as ideias certas."
Mesclando entre crescimento e experiência pessoal de Catmull, com dicas para empreendedores, este livro é um guia completo para empresários. O livro é dedicado a Steve Jobs, que nunca interferiu no processo de criação da Pixar, mas enviava observações e críticas sobre cada filme que estava sendo realizado, além de ser o principal investidor da empresa. Este também é um livro essencial e especial para quem sonha em seguir essa carreira de desenho e computação gráfica, porque ele é repleto de cultura, contando desde quando a tecnologia não oferecia quase nada para as pessoas deste segmento. Não é por minha paixão pela Pixar e Disney, mas eu amei o livro e todo o ensinamento que ele traz.

Criatividade S.A. Editora Rocco, Ed Catmull

Sobre a edição:

A edição é simples, mas traz algumas fotos especiais da vida de Ed e da Pixar, para ilustrar os textos escritos. As páginas são amareladas e a diagramação é boa. A diagramação deixa a leitura bem leve e agradável. E o nosso querido Buzz Lightyear ilustra essa capa simples mas muito bonita.

Sobre o autor:

Ed Catmull é cofundador da Pixar Animation Studios e presidente da Pixar Animation e da Disney Animation. Foi cinco vezes agraciado com o Oscar, incluindo o Gordon E. Sawyer Award pelo conjunto de sua obra no campo da computação gráfica. É Ph.D. em ciência da computação pela Universidade de Utah. Mora em San Francisco com a esposa e filhos.
Amy Wallace é jornalista, com publicações em veículos como GQ, The New Yorker, Wired, The New York Times Magazine e no Los Angeles Times, onde trabalha atualmente.

................................................................
Editora: Rocco
Autor: Ed Catmull, Amy Wallace
Assunto: Negócios
Páginas: 320
Para comprar: clique aqui


Avaliação da Leitura:  

................................................................
20 fevereiro 2017

Coleção de marcadores de página: Paula Pimenta






































Sou super fã da escrita da Paula Pimenta. As recriações modernas das princesas de contos de fadas que ela escreve, são muito amor. Por isso não podia deixar de ter em minha coleção essas lindezas. O livro dos Vilões não tem conto da Paula, mas mesmo assim, deixo ele junto com esses por causa do Livro das Princesas. E vocês, gostam dos livros dela?
17 fevereiro 2017

Dica de livro: A Dieta Smartfood

A Dieta Smartfood, Editora Rocco

Aqui vamos falar de Dieta. Mas não aquela que você está acostumado a ver por ai, parar de comer tal coisa, com objetivo de emagrecer, aquela que só de falar já se pensa em sofrimento (hehehe). Aqui a palavra dieta terá outro sentido, o de vida mais saudável, e de saber tudo de maravilhoso que os alimentos podem nos trazer para a saúde. Sabemos tão pouco sobre os alimentos e a alimentação que fazemos diariamente que chega a ser triste ver o quanto perdemos, em simples atos, grandes nutrientes e benefícios para a vida mais saudável. A Dieta Smartfood foi um livro que me surpreendeu muito com esses ensinamentos.

Sinopse do livro:

Baseado no princípio da cultura Smartfood, que tem a finalidade de evitar o sobrepeso, aumentar a longevidade e prevenir patologias como tumores, doenças cardiovasculares, metabólicas e neurodegenerativas, sem deixar de lado o prazer e a convivência à mesa, A dieta smartfood tornou-se bestseller na Itália com mais de 100 mil exemplares vendidos. O livro, escrito pela jornalista Eliana Liotta a partir do trabalho de pesquisa realizado pelo médicos Pier Giuseppe Pelicci e Lucilla Titta, do IEO (Instituto Europeu de Oncologia), em Milão, mostra como alguns componentes químicos presentes nos alimentos do dia a dia ajudam a proteger e melhorar a saúde e conter os genes do envelhecimento, e ensina como tirar proveito disso a partir das preferências, herança genética e estilo de vida de cada um. Tudo isso sem perder o prazer da boa mesa, como manda a tradição italiana. Um livro de dieta e saúde perfeito para começar o ano.

A Dieta Smartfood, Editora Rocco

Esse livro me surpreendeu, não só pelo seu conteúdo maravilhoso e a abordagem de mostrar 30 alimentos que ajudam a longevidade e a prevenir muitas doenças, mas também, de forma muito prática e nada confusa, mostra quais componentes ou porque é importante ingerir tais alimentos, e o mais importante: como ingeri-los. Sabemos que precisamos comer muitas verduras e frutas. Mas nem todos sabem que se não comer de maneira certa, estamos consumindo as vezes só 1% dos nutrientes que eles tem para nos oferecer. E nem é só o caso de não cozinhar ou fritar muitas coisas. Mas o fato dos acompanhamentos, como algumas frutas, que dependendo da vitamina que oferecem, nosso corpo só consegue absorver se ingerirmos com um pouco de "gordura boa".

"A Dieta Smartfood se forma na cabeça antes mesmo de chegar à mesa: é um estilo de vida, e exige que tenhamos consciência daquilo que comemos. Deveria ser uma regra áurea. Educação alimentar deveria ser ensinada na escola, como qualquer outra matéria".
Muito bem embasado e apresentando também pesquisas científicas, esse é um livro que temos que ter na nossa cozinha, para ler de tempos em tempos. Aqui você não encontrará aquelas coisas chatas de dietas pré moldadas. Pelo contrário, ele apresenta vários alimentos, descrevendo o benefício de cada um, para você acrescentar os que quiser em sua dieta, sem sofrimento e de forma maravilhosamente boa para a saúde. Uma coisa bem bacana é que parte dos recursos oriundos da venda deste livro será destinado à Fundação IEO-CCM para o apoio de pesquisas sobre o câncer.

A Dieta Smartfood, Editora Rocco, Eliana Liotta

Sobre a edição:

A edição é simples, até porque o livro não é de história/fantasia/ficção, então não precisa surpreender em grandes coisas. Mas, mesmo assim, vemos ilustrações em todo começo de capítulo, a diagramação é ótima e a capa é muito bonita. Adorei ter conhecido esse livro, me trouxe uma "carga" cultural muito grande sobre alimentação e a forma correta de preparar os alimentos, e com certeza indico a leitura para todos.

Sobre a autora:

Eliana Liotta é jornalista e escreve para o mais importante jornal italiano, Corriere della Sera, e para o blog Il bene che mi voglio. Foi diretora de redação da revista OK Salute, uma das mais conceituadas publicações sobre bem-estar, nutrição e pesquisas científicas.
Pier Giuseppe Pelicci é diretor de pesquisa do Instituto Europeo di Oncologia e professor da Universidade de Milão, reconhecido por seus estudos sobre oncogenômica e longevidade.
Lucilla Titta é pesquisadora e nutricionista, coordenadora do projeto Smatfood no Instituto Europeo di Oncologia. Estuda as correlações entre alimentação e saúde e o uso da divulgação científica como instrumento de prevenção.

Confira a resenha em vídeo:


................................................................
Editora: Rocco
Autor: Eliana Liotta
Assunto: Medicina/Nutrição
Páginas: 352
Para comprar: clique aqui


Avaliação da Leitura:  

................................................................