24 maio 2017

Dica de Série: Caçadores de Trolls


Sinopse da série:

Jim é um garoto de 15 anos que é transformado em um caçador de trolls e defensor dos Trolls do bem, depois de encontrar sem querer um amuleto mágico. Enquanto luta ao lado do seu melhor amigo, Toby, e do Troll sabichão Blinky, ele precisa ao mesmo tempo conciliar os ensaios e deveres de casa da escola.

Essa é mais uma série incrível de animação da Netflix. Mesmo voltada para as crianças, eu recomendo. Sabe aquelas histórias que misturam seres mágicos com humanos? Essa é uma delas. E isso acontece a partir do momento que um garoto humano é escolhido para ser o caçador de trolls (coisa que nunca havia acontecido com uma pessoa, sempre era escolhido um troll para a função).

Conciliando a vida nada fácil de um estudante escolar, com treinamentos com os trolls, Jim terá que se superar para proteger não só os trolls, mas também os humanos que agora estão em perigo por causa de seres malignos que podem estar em toda a parte.

A série é divertida e ao mesmo tempo educativa, pois mostra o valor da amizade, confiança, família, e o quanto as pessoas podem mudar com o decorrer da convivência e amadurecimento.

22 maio 2017

Dica de Livro: A cor de Coraline

A cor de Coraline

Um amorzinho. Não tem como começar de outro jeito essa postagem. O livro A Cor de Coraline é uma publicação da Rocco Pequenos Leitores para o público infantil e que me deixou muito curiosa para ler e ver como o autor havia abordado esse assunto, que se for bem pensado, é uma coisa um pouco preconceituosa apesar de parecer bobinha, que falamos quando criança (não sei se ainda é assim, mas sei que na minha época de escolinha era), sobre a cor do lápis cor de pele.

Sinopse do livro:

Quantas cores cabem na pergunta “Me empresta o lápis cor de pele? ”. Em A cor de Coraline, o ilustrador, designer gráfico e escritor Alexandre Rampazo passeia pelas inúmeras possibilidades contidas numa caixa de lápis de cor e na imaginação infantil a partir da pergunta de um colega para a pequena Coraline, e mostra que o mundo é mais colorido – e diverso – do que nos acostumamos a pensar. Com texto curto e bem-humorado e ilustrações graciosas, o livro aborda o tema da diversidade de forma lúdica para os pequenos. A quarta-capa é assinada pelo premiado escritor Ignácio de Loyola Brandão.

A cor de Coraline



A cor de Coraline
De forma bem fofa e mega criativa o autor conseguiu construir uma história que atravessa barreiras e ensina muito para as crianças. Coraline, diante da pergunta do amigo, para emprestar seu lápis cor de pele, faz uma "viagem" imaginária em sua caixa de lápis de cor e consegue achar motivos para qualquer uma, ou todas as cores, serem cores de pele. Como por exemplo, um país envergonhado onde todos têm a pele vermelha de vergonha, ou em marte onde todos têm a cor de pele verde, etc.

A cor de Coraline

E a história finaliza lindamente com a pergunta: A cor da pele é só uma? Se temos línguas diferentes, tamanhos diferentes, jeitos diferentes, origens diferentes, toda essa diversidade, porque não falar que temos cores de pele diferentes também. Amei a leitura e com certeza é super válida para os pequenos. Com certeza eu indico.

A cor de Coraline

Sobre a edição:

Com capa dura e ilustrações lindas, não tem como achar defeitos nessa edição. As ilustrações, em cada página de uma cor, trazem toda a gama de cores dos lápis de cor para as páginas do livro. A escrita é bem fácil para as crianças, e a diagramação ótima, tanto para o pai ler para a criança, ou para as crianças que estão começando a ler sozinhas.

Sobre o autor:

Alexandre Rampazo nasceu e vive em São Paulo e se formou em Design pela Faculdade de Belas Artes. Há anos se dedica à produção literária, ilustrando e escrevendo, e tem cerca de 50 livros publicados com suas histórias e/ou desenhos. Em 2015, Os olhos cegos dos cavalos loucos, com ilustrações suas e escrito por Ignácio de Loyola Brandão, recebeu Prêmio Jabuti para melhor livro juvenil. E, em 2016, O mundo dos livros, com texto de Bia Bedran, foi premiado em 3º lugar na categoria paradidático. Entre, 2013 e 2015, teve outras obras ilustradas como finalistas do prêmio. Livros com ilustrações suas ainda foram selecionadas para o catálogo IBBY/FNLIJ’s Selection Bologna Children’s Book Fair. Rampazo já participou de exposições coletivas e mostras como o Traçando Histórias e Ilustra Brasil e alguns de seus trabalhos foram selecionados para catálogos estrangeiros.

................................................................
Editora: Rocco
Autor: Alexandre Rampazo
Assunto: Literatura Infantil
Páginas: 32
Para comprar: clique aqui


Avaliação da Leitura:  

................................................................ 
19 maio 2017

BOOK HAUL - Recebidos e Comprados - ABR/2017


Hoje trago vídeo dos livros recebidos no mês de Abril. Tem muito livro legal. Como outra versão/recriação de A Bela e a Fera, Peter Pan, livro que recebi das editoras, e muito mais. Assistam o vídeo e não esqueçam de se inscrever no canal clicando aqui.


 Links mencionados no vídeo:

- Confira a resenha de Princesas, Bruxas e uma Sardinha na Brasa clicando aqui

- Confira a resenha de A Escola do Bem e do Mal - Livro 1 clicando aqui

- Confira a resenha de A Escola do Bem e do Mal Livro 2: Um Mundo sem Príncipes clicando aqui

18 maio 2017

Coleção de Marcadores de Página #27


Acho que todos já sabem que adoro contos de fadas e todo esse universo. Então acho que nem preciso falar o porque tenho esses marcadores lindos na coleção. Eles são com o tema contos de fadas. O que acharam? Se você quiser ver todas as postagens que já fiz mostrando minha coleção de marcadores, é só acessar esse link aqui. Espero que tenham gostado 😀