Editora Planeta de Livros

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão - Leandro Karnal

terça-feira, setembro 21, 2021

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão - Leandro Karnal
"Somos uma espécie de porco-espinho, pensava o filósofo Arthur Schopenhauer. Por quê? O frio do inverno (ou da solidão) nos castiga. Para buscar o calor do corpo alheio, ficamos próximos dos outros. Efeito inevitável do movimento: os espinhos nos perfuram e causam dor (e os nossos a eles). O incômodo nos afasta. Ficamos isolados novamente. O frio aumenta, e tentamos voltar ao convívio com o mesmo resultado. A metáfora do filósofo alemão do dilema humano: solitários, somos livres, porém passamos frio. A dois ou em grupo as diferenças causam dores. Teríamos de achar uma distância segura, que trouxesse o calor necessário e evitasse o ataque."

Já acompanhava os pensamentos e filosofadas de Leandro Karnal através de seus vídeos e seu canal do youtube, mas foi a primeira vez que li um livro dele. O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão é um livro que me surpreendeu muito.

Nele, o autor vai trazer vários casos, exemplos, desde personagens da bíblia, filósofos, até músicas, filmes e livros, para uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. “discutir” a solidão e a solitude, e o quanto é necessário em nossa vida, as pausas para conhecermos a nós mesmos.

"Solidão é distinta do simples fato de estar sem alguém por perto. Da mesma forma, estar acompanhado não é a garantia de eliminá-la."

Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. 

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão - Leandro Karnal

Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

"Só na solidão você é você e só na solidão eu sou eu. Na leitura solitária, somos dois autênticos viajantes isolados que, por um breve instante, aceitam conversar com um estranho fortuito."

O livro me surpreendeu muito com as reflexões e análises. E com certeza foi uma porta que abri, e agora quero ler outras obras do autor. Não posso falar sobre a edição, pois li no kindle, mas para quem gosta de uma leitura mais questionadora e filosófica, eu indico muito.

Sobre o autor:

Leandro Karnal é historiador, professor, escritor, palestrante, youtuber e apresentador de TV. Doutor em História Cultural pela Universidade de São Paulo, autor best-seller dos livros Crer ou não crer e O dilema do porco espinho, ambos publicados pela Editora Planeta. É apresentador do programa CNN Brasil Tonight, colunista no jornal O Estado de S. Paulo e Zero Hora (RS). Tornou-se um grande influenciador digital, com mais de 3,6 milhões de seguidores no Instagram e quase 1 milhão de inscritos no YouTube (Prazer, Karnal). É um dos mais requisitados palestrantes do país, além de recentemente ter sido eleito para a Academia Paulista de Letras.

LEIA TAMBÉM

6 comentários

  1. Eu gosto muito de livros nessa temática reflexiva e até melancólica.
    Gostei batente!
    Ótima resenha, fiquei bem curiosa pra ler.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Monique.
    Que bom que gostou do livro e vai ler outras obras do autor. Eu particularmente não curto não ficção, por isso não leria ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curioso em ler o livro. Parece ser incrível.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está de volta com muitos posts novos! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Esse livro tem um tema que me interessa muito. Ela já está na minha lista de desejados a um tempo, e por mais que eu queira ler ele, fico com um pouco de receio de achar ele simples demais.
    Beijos
    https://recolhendopalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter