Grupo Editorial Record

Os Pequenos Homens Livres - Tiffany Dolorida 1 - Terry Pratchett

sexta-feira, agosto 09, 2019

Os Pequenos Homens Livres - Terry Pratchett

O primeiro livro da série Tiffany Dolorida encanta e traz toda a magia e fantasia que já é típica da escrita do autor. Uma menina que quer ser bruxa, e a variedade de monstrinhos que vieram direto dos contos de fadas, fazem parte dessa publicação da Bertrand Brasil.

Sinopse do Livro:

Um perigo oculto, saído de pesadelos, vem trazendo uma ameaça diretamente do outro lado da realidade. Armada com tão somente uma frigideira e seu bom senso, a pequena futura bruxa Tiffany Dolorida deve defender seu lar contra fadas brutais, cavaleiros sem cabeça, cães sobrenaturais e a própria Rainha das Fadas, monarca absoluta de um mundo em que realidade e pesadelo se entrelaçam. Felizmente, ela contará com uma ajuda inesperada: os Nac Mac Feegle da região, também conhecidos como os Pequenos Homens Livres, um clã de homenzinhos azuis ferozes, ladrões de ovelhas, portadores de espadas e donos de uma altura de mais ou menos quinze centímetros. Conseguirão eles salvar as terras quentes e verdejantes de Tiffany?

Os Pequenos Homens Livres - Terry Pratchett

Tiffany é uma menina de 9 anos bem esperta e que não tem medo das coisas mais estranhas que você possa imaginar. Ela sonha em se tornar uma bruxa, e vai atrás para conseguir realizar este sonho. Ela é tão corajosa, que ao ver um monstro no riacho vindo atacar seu irmão, ela pega uma frigideira e vai logo espantar o bicho.

Como Tiffany Dolorida é muito nova, na fazenda onde mora, ela é responsável por cuidar dos irmãos. Quando seu irmão, Wentworth, é sequestrado pela Rainha das Fadas, ela segue os Nac Mac Feegle (os Pequenos Homens Livres) em busca da salvação dele. Mesmo ela achando o seu irmão irritante, às vezes, ela precisa salvá-lo. Nessa aventura, Tiffany descobrirá mais sobre sua família e sobre ela mesma.

Uma parte da personalidade da menina que adorei é o motivo de ela querer ser bruxa. Ela fala que as princesas tem cabelos dourados e sorrisos falsos com pouca inteligência. Ela não se identificava com elas pois tinha cabelo castanho. Ela dizia que os livros de contos de fadas não tinham aventura para quem tem olhos e cabelos castanhos. Por isso ela se identifica mais com as bruxas. Vemos aí uma crítica do autor ao estereótipo.

Os Pequenos Homens Livres - Terry Pratchett

Com ironia e sátira excessiva o autor também discute nas entrelinhas a vida e a morte, a busca pelos sonhos, o estar acordado para a vida ou viver sonhando com algo ideal, sobre ser educado, etc. Também fala sobre não demonstrarmos tudo que sentimos enquanto as pessoas da nossa família são vivas. Tiffany sente saudades da Vovó Dolorida e diz que não disse tudo que sentia quando ela estava viva.

Infelizmente alguns capítulos se tornaram um pouco maçantes, talvez por conterem muitos detalhes, mesmo assim, no final gostei da leitura e me diverti muito com os personagens. Já estou pronta para ler o segundo livro.

Sobre o autor:

Terence David John Pratchett, foi um escritor inglês, mais conhecido pelos seus livros da série Discworld. Terry Pratchett começou o interesse por literatura de fantasia lendo as obras de J.R.R. Tolkien aos treze anos, mesma época em vendeu sua primeira história.

TENHA TAMBÉM ESSA EXPERIÊNCIA DE LEITURA:
   

LEIA TAMBÉM

15 comentários

  1. Oi Monique.
    Ai mdsss! Estou apaixonada pela obra.
    Desde que eu era pequena queria ser a vilã ao invés da mocinha, elas são tão mais legais (minha favorita era mamãe Gothel primeiro da Barbie, depois de Enrolados).
    Enfim, eu adorei esse livro.
    Espero ler ele em breve.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. oi Moni!
    Adorei conhecer seu blog! Nunca li nada da autora, mas gosto muito de livros divertidos e que contenham essa fantasia que nos desconecta do mundo real :)
    Um beijo
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  3. Quem nunca sonhou em ser uma bruxinha não é mesmo? Hehehe
    Gostei do livro :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa pela descrição eu já quis ler esse livro, parece que ela é diferentona por querer ser bruxa e não se encaixar nos padrões... Já vou incluir na minha lista de leitura.


    https://estacaolilas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Monique!

    Que linda essa capa! Já adorei a pequena Tiffany, muito corajosa ela e pelo jeito adora uma aventura. Uma pena alguns capítulos serem mais parados e cansativos pelo tanto de detalhes, mas num geral a história parece ser ótima!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Adoro leituras divertidas, é uma pena que alguns capítulos foram maçantes.

    bjo
    https://www.imersaoliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Monique, tudo bem? Mesmo com a ressalva sobre alguns capítulos eu tenho muita vontade de conhecer a narrativa do Pratchett! espero gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oi
    legal que a protagonista tem 9 anos, deve ser uma história cheio de aventuras, acho que já vi poucas resenhas desse livro, que bom que gostou apesar de ter algumas partes maçantes.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Monique!
    Não conhecia a obra, acredita? Nem a vi nas livrarias!
    beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, Monique.
    Desde que li Good Omens eu fiquei querendo ler mais livros do autor. E esse me pareceu ser bem interessante. Pois é, as bruxas eram as morenas e as princesas as louras. Gostei dessa crítica do autor.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Adorei a proposta do livro e parece muito interessante. Faz tempo que não leio algo mais voltado para fantasias de bruxas (que eu adoro), elfos e etc. Gostei muito e vou procurar mais sobre.

    Adorei suas fotos e a resenha.

    Beijos,

    L de Saturno

    ResponderExcluir
  12. Oi, Monique!
    Não conhecia o livro, mas achei bastante interessante a proposta da história.
    Adorei a capa!

    Beijos
    Construindo Estante || Promoção de aniversário do blog

    ResponderExcluir
  13. Oi Mo, tudo bem?
    Adorei a capa, e a protagonista parece ter uma personalidade marcante.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Parece ser legal, mas não leria no momento.


    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  15. Amei sua resenha, Monique. Essa capa tá linda demais. Uma pena a história ter sido um pouco maçante, isso a torna cansativa. Mas de qualquer forma, é um assunto que gosto muito. Por isso, coloquei esse livro na minha lista!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter