Filmes

Tudo Por um Pop Star - Filme

sexta-feira, novembro 23, 2018


Fui assistir ao novo filme baseado em mais uma história amorzinho da Thalita Rebolças, à convite da Editora Rocco e adorei, além de ter me divertido muito relembrando a história do livro. Lembro de quando era muito nova e tinha lido essa história e outras que tinha essas três protagonistas que divertiam qualquer leitor.

Já posso começar dizendo que precisamos acabar com o preconceito com obras nacionais (seja elas quais forem). O cinema brasileiro evoluiu muito e está super bem produzido. Como essa história tem muito de música, preciso elogiar o som, que está impecável ao meu ver. A história é divertida e traz temas muito importantes ainda nos dias de hoje, mesmo que já tenha um tempo que a autora escreveu a história.

Amizade, companheirismo, viagem, imprevistos, paixões, briguinhas de escola, mentiras da internet, perdas. Mas com certeza o tema principal que a autora quer transmitir com a mensagem do filme é que, o final da jornada nem sempre é o mais importante, e sim o caminho que fazemos e com quem fazemos. Sou péssima para fazer resenhas de filmes, mas vale a indicação para assistirem com os pequenos. Com certeza é uma ótima história.

Já aproveito também para indicar o livro. Pois com certeza a mensagem é mais completa, como em qualquer livro, e a Thalita Rebolças escreve de uma forma maravilhosa, leve e divertida, que não tem como não encantar os leitores, seja os mais novinhos até os mais velhos.

Sinopse do Filme:

A banda pop Slavabody Disco Disco Boys, febre entre as meninas de todo o Brasil, anuncia que irá tocar no Rio de Janeiro. Fãs de carteirinha do grupo, as adolescentes e melhores amigas Gabi (Maísa Silva), Manu (Klara Castanho) e Ritinha (Mel Maia) farão de tudo para que seus pais deixem que elas assistam ao show do grupo longe da cidade onde moram.


Sinopse do Livro:

Tudo Por Um Pop Star aborda temas como amizade, fama e as loucuras que os fãs fazem por seus ídolos. O livro tenta desvendar o mistério desse amor desenfreado que só fãs conhecem e, para isso, conta a história de Manu, Gabi e Ritinha, três amigas que moram em Resende, no estado do Rio de Janeiro, que poderiam ser descritas como tietes, fãs fanáticas. Enfim, o trio é do tipo que faz tudo por um pop star. Ainda mais quando o pop star em questão atende pelo nome de Slack Tom Tompson. Líder da banda mais pop, mais tocada e mais adorada do planeta, a Slavabody Disco Disco Boys. Ao descobrirem que seus maiores ídolos vêm ao Brasil para um show no Maracanã, Manu, Gabi e Ritinha fazem de tudo para ver os garotos bem de perto, vivem uma grande aventura, mas... Nada do que planejam dá certo. As peripécias desastradas acabam levando as meninas a pagar o maior mico de suas vidas, na televisão, em rede nacional.

      

LEIA TAMBÉM

19 comentários

  1. Tenho vontade de assistir só porque adoro a Maisa.

    www.sabiave.com

    ResponderExcluir
  2. Apesar de achar as histórias da Thalita um pouco fora da minha fase de vida, eu me divirto bastante com seus livros, pra mim é uma leitura bem leve e despretensiosa. Confesso que eu não assistiria a esse filme no cinema, mas sem dúvida em outra oportunidade eu gostaria de conferi-lo, como você, acho que o cinema nacional evoluiu bastante.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  3. Adoro filmes adolescentes! xD
    Já gostei da resenha!

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Monique.
    Eu adoro filmes nacionais, mas prefiro assistir em casa, por algum motivo.
    Como eu amei Fala Sério, Mãe, quero muito ver esse e me divertir bastante.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  5. O preconceito com filmes nacionais é muito triste. Tudo bem que existem filmes horríveis, como também existem estrangeiros horríveis e a mesma coisa para filmes bons. Existem tantos filmes nacionais maravilhosos...
    Mas, enfim, acho que futuramente irei assistir esse filme, me parece ser algo parecido com "Meus 15 anos", no sentindo de divertimento.

    Nanda, Gravado na Memória

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Ainda não li o livro, mas já quero e quero assistir ao filme. Adoro a Thalita Rebouças e tenho certeza que irei curtir.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Achei o trailer super fofo, desde que lançou! Concordo com você, já passou da hora de acabar com esse preconceito com as obras brasileiras! Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  8. Oi Monique! Infelizmente eu não consegui ver o filme, mas quero e tb o livro eu adoro a Thalita Rebouças!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um filme divertido mesmo.
    Bom final de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  10. Olá, Monique.
    Eu nem sabia desse filme hehe. Mas gostei bastante da escrita da autora nos livros que li e me interessei em ler e assistir. Tem muita coisa nacional boa no cinema nacional sim, o povo é que é preconceituoso.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Monique!
    Eu conheci a Thalita pessoalmente, e acho ela uma fofa. Super simpatica como autora e pessoa, mas não me animo nem um pouco para assisti as adaptações dela. Não curti aquele É Fada e esse ai, parece ainda mais bobinho, por isso, dessa vez, vou passar a dica.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. É um clichê mas vou ter que falar: tô ficando velha. Olha o tamanho dessas meninas!
    Não sabia desse filme mas adoro histórias levinhas para aqueles momentos que a gente só quer dar uma relaxada. :)
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  13. Oi
    Não li o livro e não assisti ainda, mas ja to querendo. É verdade temos que acabar com o preconceito das obras nacionais. Gostei do post! e a Maisa como cresceu né? :o

    Beijos.
    Vitoriamartini.com

    ResponderExcluir
  14. Não li o livro e também não fui assistir ao filme. Mas se é da Thalita Rebouças, sei que vou amar. Gosto muito dos livros dela.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  15. Ainda não assisti. Na verdade, eu não sou uma apreciadora de obras nacionais. Pouquíssimas, eu gosto. Fiquei um pouco curiosa depois do seu post. Quem sabe...
    Borboletra

    ResponderExcluir
  16. Hey Monique! Tudo bem?
    Esse filme tá tendo uma repercussão muito boa, mas não sei se assistiria!
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  17. Não é o tipo de filme que me atraí, mas preciso concordar com sua observação em relação as obras nacionais que estão cada vez melhores!

    www.estante450.blogspot.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter