Era uma vez

150 anos de Alice - Por Trás do conto

sábado, julho 11, 2015



Muitos não sabem, mas realmente existiu uma Alice cujo sobrenome era Liddell. A Alice de carne e osso era extremamente próxima a um homem que se chamava Charles Dodgson, futuramente conhecido como Lewis Carroll, que durante um passeio de barco pelo rio Tâmisa, imortalizou a pequena Alice numa das histórias mais famosas do mundo. 

A obra de Lewis Carroll consegue captar dois públicos em uma única história: o público infantil e o público adulto. Nada mais é que uma mistura de personagens reais de sua própria vida com as fantasias surreais do País das Maravilhas, resultando numa narrativa inteligente com elementos significativos que revelam a lógica do absurdo. 

A grande paixão de Carroll sempre foi a matemática e, como um grande amante da lógica, encantava as crianças com jogos que ele mesmo inventava. A fotografia mal havia chegado naqueles tempos e Lewis já a tinha como hobby, fotografando diversas crianças. Chegou até a fotografar a própria Alice em trajes de cigana (foto ai de baixo).

Lewis Carroll nunca casou-se e era uma figura um tanto estranha: media 1,83 e era sempre descrito como um homem com feições assimétricas. Para completar, devido a uma forte febre na infância, Carroll também era surdo de um ouvido. Afirmava-se que ele também era gago apenas na presença de adultos, enquanto que na presença de crianças ele falava livremente. Apesar disso tudo, o tímido Lewis Carroll era extremamente inteligente e, além de seu interesse por matemática e fotografia, também era um grande interessado em filosofia.

Alice Liddell conheceu Lewis Carroll quando tinha apenas três anos de idade e estima-se que eles começaram a perder o contato no final da escrita de Alice no País das Maravilhas. Houve também uma proibição por parte do pai de Alice a respeito da amizade entre ela e Lewis a partir do momento em que Alice começou a ficar mais velha e os rumores quanto a amizade dos dois começaram a crescer.

Há quem diga que Alice e o filho mais novo da Rainha Vitória, Leopoldo, tenham se apaixonado, mas Alice não chegou a casar-se com ele, muito embora o nome de seu primeiro filho tenha sido Leopoldo e o nome da primeira filha de Leopoldo tenha sido Alice. A jovem casou-se então com um homem chamado Reginald, com quem teve três filhos.

Seja tanto no tempo em que viveu quanto nos dias de hoje, muitas pessoas afirmaram e ainda afirmam que Lewis Carroll era pedófilo. Não sei se é verdade, quero ler e quem tiver interesse em também ler o livro "Eu sou Alice", que já mencionei no post passado, que conta a verdadeira história da Alice. Em breve vou fazer resenha aqui.

Existe muito material, tal como livros e filmes, e também muitas suposições a respeito do mundo fantástico de Alice no País das Maravilhas por aí. Esses 150 anos está rodeado de muito conteúdo para conhecermos mais desse clássico.

LEIA TAMBÉM

19 comentários

  1. Quando eu era criança era um dos meus contos favoritos. Eu não sabia dessa história, eu conhecia outra versão, que ela viveu em um hospício. E lá ela sofria violência sexual, e acabou criando todo esse conto da sua própria imaginação, e do mundo quem estava vivendo. Achei interessante um pouco mais dessa história, vou pesquisar para descobrir mais.
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito de toda a fantasia ao redor da história. Não sabia da maioria dos rumores até alguns dias atrás, mas é algo esperado para uma história tão famosa e depois de tanto tempo ter se passado. Vou procurar esse livro que você mencionou, deve ser uma ótima leitura e muito esclarecedora.


    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. eu adoro a história, mas eu não sabia que ela tinha existido : ) adorei o post bjs

    http://lanibelezafeminina.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  4. Você sabe quanto sou fascinada por essa história. Gostei de saber mais um pouquinho. Também acho estranho o comportamento de Lewis, porém o que posso pensar disso? Nada, até pq não há provas rs A história é incrível, muito inteligente e como vi em outro texto sobre esses 150 anos, com certeza o matemático Lewis ficaria feliz em saber que seus enigmas sobreviveram por tanto tempo!

    ResponderExcluir
  5. Nossa eu não sabia dessa história por trás, e nem que existiu uma Alice. E ela era bonita gente, que fotografia mais linda.
    Mas sobre ele ser pedófilo... Isso é uma coisa que até eu fiquei curiosa.

    http://www.agindodiferente.com/

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia essa história.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia essa história.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Oi, Monique! Tudo bem?

    Oh My God! A Alice foi real? Genteeee!, eu não sabia!
    Sempre achei que fosse apenas fruto da imaginação do escritor!
    Estou sem palavras... mas gostei muito do post! :)

    Adorei seu blog! Muito bonito! Já estou seguindo! \o/

    Monique, convido-lhe a conhecer nosso blog Irmãos Livreiros e caso siga-nos também! Ficarei super feliz! :)

    Também estamos no Youtube; conheça o canal Irmãos Livreiros e se inscreva para receber os vídeos em primeira mão!

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  9. Gente eu não sabia disso não, to até meio chocada agora hahaha
    Beijos
    www.needfulglam.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Super interessante conhecer a maioria dos detalhes exposto no post. Ah, amores platônicos....Parabéns Monique!

    ResponderExcluir
  11. Que legal!! Eu não sabia dessas história.
    Acho interessante demais essas histórias por trás dos contos.
    Beijos!
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que medo! Fiquei sabendo dessa história de que ela foi abusada. Também soube de uma que ela era uma maluca que ficava em um hospício e toda a história se passou na cabeça dela enquanto ela estava nesse hospício. Enfim, são muitas histórias e teorias, mas continuo acreditando na da Disney mesmo :P hahaha!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu já tinha ouvido falar da história em que a Alice era abusada e estava internada num hospício mas não acredito nisso acho que é invenção da internet.
    Já sabia que a Alice existiu e que Carroll era amigo dela mas nunca tinha lido que ele podia ser pedofilo.
    gostei de saber um pouco mais da história.
    bjx.
    http://vinteanoos.blogspot.com.br
    xx

    ResponderExcluir
  14. Oi Monique!
    Nossa..incrível que essa história ja tenha todo esse tempo. E continua encantando gerações :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Acredita que eu não sabia de nada disso? Amei! Amo quando você faz posts assim, aprendo muito! rs Bjs

    http://www.mayaravieira.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Amo o filme e o livro de Alice no País das Maravilhas é tão a minha cara ! que história incrível :D

    Beijos Gi
    Blog: http://ginabero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. uau!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    amei seu blog! quem fez teu layout? omg lindo demaaaaaaaaaais, pode me passar o link?

    ResponderExcluir
  18. Muito bacana conhecer a história por trás da história! Eu já sabia de alguns fatos citados no post, mas, apesar de me interessar por todo esse universo ainda não li qualquer livro a respeito. Até que encontrei uma versão super bonitinha da editora zahar esses dias e pretendo começar a ler em breve! Estou com grandes expectativas! :) Beijos!
    http://colorindonuvens.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter