Editora Rocco

Niksen: Abraçando a Arte Holandesa de Não Fazer Nada - Olga Mecking

domingo, junho 06, 2021

Niksen: Abraçando a Arte Holandesa de Não Fazer Nada - Olga Mecking

Como pode ser tão difícil não fazer nada? E o pior: sem se cobrar que está apenas admirando as árvores e nuvens no céu. Nos tempos de hoje, onde tudo é correria, saber apreciar um tempo “sem nada” traz muitos benefícios, e é isso que Niksen quer nos mostrar.

Sinopse do Livro:

Como não fazer nada com prazer e sem culpa? Olga Mecking compartilha conosco, leitores, formas de obtenção dos benefícios emocionais e físicos do Niksen – a arte holandesa de não fazer nada –, e acaba revelando por que os holandeses são um dos povos mais felizes do mundo! Em casa: Encontre um espaço para se desconectar, um canto aconchegante, um sofá macio, uma poltrona confortável. Sem tecnologia. Sem outras distrações. No trabalho: Olhe o seu computador. Aprecie a vista do escritório. Feche os olhos. Em público: Vá a um parque, encontre um banco, observe os pássaros e as árvores. Aprecie o clima. Neste livro prático e espirituoso, Olga Mecking nos dá dicas de como não fazer nada nas áreas mais importantes da vida. Apoiada nas opiniões dos maiores especialistas do mundo em felicidade e produtividade, a jornalista examina a ciência subjacente ao niksen e como a prática de fazer menos pode muitas vezes render muito mais. Para todos nós, no entanto, que sentimos a necessidade de sermos membros produtivos e contribuintes da sociedade, praticar a ociosidade acaba sendo um obstáculo – embora esteja cientificamente provado que, mesmo quando estamos inativos, nossos cérebros continuam processando informações. Mecking afirma, porém, que essa vontade constante de trabalhar é capaz de nos levar à diminuição do bem-estar mental e, paradoxalmente, a ser menos produtivos. Perfeito para quem se sente oprimido ou esgotado, Niksen mostra que fazer uma pausa em todas as nossas ocupações nos concede o direito extremamente benéfico de não fazer nada. Em cada capítulo, Mecking aborda um aspecto dessa filosofia baseada em várias disciplinas, como sociologia, biologia, história e psicologia, servindo-se de histórias interessantes que ilustram os efeitos positivos do niksen em nossas vidas, nos tornando mais criativos e relaxados... no bom sentido! Leitura ideal para o momento que vivemos, Niksen é um antídoto para o estresse, o desânimo e a ansiedade.

Niksen: Abraçando a Arte Holandesa de Não Fazer Nada - Olga Mecking

Trazendo como princípio a arte de niks, que os Países Baixos praticam (consideradas as pessoas mais felizes do mundo), o livro não é mais um daqueles de bem estar que você lê e pensa: isso não funciona pra mim. Na verdade, ele até tira essa carga, com um capítulo inteiro falando o porque a prática talvez não seja para você.

Com um texto humorado e sem ideias fixas do: “você tem que fazer isso para ser feliz”. A jornalista traz relatos científicos e apresenta a cultura holandesa como forma de embasar a importância de fazermos pausas de vez em quando.

“Fazer niks significa não trabalhar, ou realizar qualquer esforço emocional ou estar mentalmente atento. Não é egoísta, preguiçoso ou chato. Pelo contrário, o niksen pode ser um serviço para a comunidade. E não é navegar no Facebook, assistir à Netflix ou checar o seu e-mail. Você pode chamar essas coisas de nada, mas elas não são.”

Niksen mostra que fazer uma pausa em todas as nossas ocupações nos concede o direito extremamente benéfico de não fazer nada.  Em cada capítulo, Mecking aborda um aspecto dessa filosofia baseada em várias disciplinas, como sociologia, biologia, história e psicologia, servindo-se de histórias interessantes que ilustram os efeitos positivos do niksen em nossas vidas, nos tornando mais criativos e relaxados. No final de cada capítulo também temos pequenas perguntas. Atividades para refletir sobre os assuntos abordados ali.

Niksen: Abraçando a Arte Holandesa de Não Fazer Nada - Olga Mecking
"Estar sempre ocupado se tornou uma sensação familiar: estamos familiarizados com isso, conhecemos bem, e todos ao nosso redor também sabem como é se sentir ocupado de mais. E, como consequência, criamos uma sociedade que considera a sobrecarga normal ou até desejável. Isso foi acontecendo aos poucos, mas hoje é só o que conhecemos. Os humanos sempre escolhem o familiar ao desconhecido. Fomos ensinados a acreditar que a melhor maneira de ser é ser produtivo. Agora, escolhemos facilmente o caminho familiar da sobrecarga, para não termos que sentir o desconforto de não ter o que fazer, diz Doreen Dodgen-Magee".

Ao fazer pausas durante o trabalho diário, podemos nos tornar profissionais melhores, evitar desgaste e trabalhar com mais cuidado e concentração.

Sobre a autora:

Escritora, jornalista e tradutora mora na Holanda. Quando não está escrevendo ou pensando em escrever, pode ser encontrada lendo livros, bebendo chá e lendo um pouco mais.

LEIA TAMBÉM

12 comentários

  1. Oi
    Adorei esse livro! Com certeza vou comprar!
    O mundo é só correria e quando vemos o dia já passou... Acho que a maioria das pessoas estão precisando desse momento niks :)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Instagram | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Monique. Como vai? Interessante este livro. Ótima dica. Adorei. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Parece-me bem. Tentar fazer tudo, principalmente se for ao mesmo tempo, pode não dar assim tanto resultado.
    Beijos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  5. Que livro mais interessante Monique, a gente precisa muito desses momentos.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  6. Oi, Monique!!
    Vi sua postagem e corri pra indicar para uma amiga. Ontem conversamos sobre a culpa que assola as pessoas que querem não preencher as 24hs do dia com atividades. Parece que não fazer nada ficou para a hora de dormi :) A contemplação é necessária para o nosso equilíbrio mental.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  7. Thank you for sharing. After entering the society from school, I will indeed feel very busy. I feel that it is very pleasant to have a quiet sleep or read a book slowly.
    4x4 lace closure wig

    ResponderExcluir
  8. Adorei a capa, adorei o tema do livro.
    Pra muitaaas pessoas não fazer nada é muito difícile gera culpa. Achei interessante isso de "... e não é navegar no Facebook, assistir à Netflix ou checar o seu e-mail. Você pode chamar essas coisas de nada, mas elas não são.” Muito bacana hehe!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Monique.
    Acho que até consigo fazer nada com o corpo, mas com a mente acredito que não hehe. Mas achei o livro interessante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Achei diferente do que costumo ler, mas adorei a proposta.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Gostei da proposta do livro, mas tem que ter cuidado para não usar ele como argumento para procrastinar né? hahaha

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Parece ser um livro fabuloso!

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter