Editora Rocco

Filhos de Sangue e Osso - Tomi Adeyemi

segunda-feira, janeiro 21, 2019

Filhos de Sangue e Osso - Tomi Adeyemi

Esqueça todas as fantasias que você leu até hoje, porque a Tomi Adeyemi vai surpreender você com um mundo repleto de representatividade e mitologia, misturado com um toque de magia. Filhos de Sangue e Osso é o primeiro livro da trilogia baseada na cultura iorubá: O legado de Orïsha, que está sendo publicado pela Editora Rocco.

Sinopse do Livro:

Zélie Adebola se lembra de quando o solo de Orïsha vibrava com a magia. Queimadores geravam chamas. Mareadores formavam ondas, e a mãe de Zélie, ceifadora, invocava almas. Mas tudo mudou quando a magia desapareceu. Por ordens de um rei cruel, os maji viraram alvo e foram mortos, deixando Zélie sem a mãe e as pessoas sem esperança. Agora Zélie tem uma chance de trazer a magia de volta e atacar a monarquia. Com a ajuda de uma princesa fugitiva, Zélie deve despistar e se livrar do príncipe, que está determinado a erradicar a magia de uma vez por todas. O perigo espreita em Orïsha, onde leopanários-das-neves rondam e espíritos vingativos aguardam nas águas. Apesar disso, a maior ameaça para Zélie pode ser ela mesma, enquanto se esforça para controlar seus poderes — e seu coração.

Filhos de Sangue e Osso - Tomi Adeyemi

Orïsha é um reino onde há muito tempo atrás existiam pessoas com e sem magia que viviam juntas. Na crença, existem dez Deuses, cada um ligado por um elemento (habilidade de controlar a água, controlar o fogo, curar doenças, etc...) que escolhiam alguns humanos para receber essa magia. Eles eram chamados de Maji.

Só que à onze anos atrás algo aconteceu. Um extermínio dos Maji e da magia que existia e agora esse povo está praticamente nulo, só sobrando seus descendentes. Algumas pessoas defendem que os Maji eram perigosos para os demais e poderiam ter vantagens em cima das pessoas sem magia.

Zélie, uma de nossas protagonistas, é uma Maji que viu sua mãe (que era muito poderosa) ser morta pelo rei nesse confronto de onze anos atrás. Ela é uma verdadeira girl power, mas também uma personagem muito humana. Impulsiva, ela faz muitas coisas sem pensar ao longo da história, o que traz problemas para ela.

Filhos de Sangue e Osso - Tomi Adeyemi

Amari é nossa outra protagonista feminina. Ela é filha do rei e vive seguindo as regras que todo mundo impõe e que ela não gosta muito. E temos também como personagem principal o Inan. Ele é o irmão mais velho de Amari e será o próximo rei.

Nossa aventura começa quando Amari presencia um objeto mágico (que estaria extinto), sendo testado pelo rei. Ao tocar nele, os Maji conseguiriam que sua magia reaparecesse. Isso já mostrou que essa magia só está adormecida. Como Amari é contra muita coisa que o rei está fazendo com os Maji, ela decide fugir com esse objeto. No caminho também vamos descobrir que existem mais desses objetos perdidos, e que se forem unidos, a magia irá voltar.

Os capítulos são intercalados entre esses três protagonistas principais. É pelo ponto de vista deles que conheceremos a história. Em certo momento do livro a história dos três irá se intercalar e se juntar, o que vai tornar tudo mais emocionante. A grande questão na história é entender o que aconteceu realmente quando a magia desapareceu.

Filhos de Sangue e Osso - Tomi Adeyemi

Uma história rica em detalhes e cultura africana, que inclusive já está sendo adaptado para o cinema. Aqui encontramos questões como preconceito e escravidão (governo autoritário que cobra impostos abusivos). E é claro, o final deixa aquele gostinho de quero mais e todos já enlouquecem esperando o segundo livro!

A diagramação é impecável, a capa é linda e nas primeiras páginas encontramos um mapa rico em detalhes (amo!). Impossível não se apaixonar por essa edição da Rocco. Muito legal também o fato de, no final do livro, ter um guia de pronúncia do Iorubá. Só aumenta mais a riqueza, a experiência do leitor com o livro. Se você gosta de uma ótima fantasia, com mitologia e uma pitada de magia, esse livro é para você!

Filhos de Sangue e Osso - Tomi Adeyemi

Sobre a autora:

TOMI ADEYEMI, 24 anos, é uma autora nigeriana-americana e coach de escrita criativa que vive em San Diego, Califórnia. Depois de se graduar com honras em Literatura de língua inglesa pela Universidade de Harvard, estudou mitologia, religião e cultura africana em Salvador, no Brasil. Quando não está trabalhando nos seus romances ou vendo videoclipes da banda BTS, pode ser encontrada postando sobre escrita criativa em tomiadeyemi.com.


TENHA TAMBÉM ESSA EXPERIÊNCIA DE LEITURA:

LEIA TAMBÉM

16 comentários

  1. Parece ser super legal!
    E esse mapa? Que lindo :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Monique,tudo bem?
    Já estou apaixonada por esse livro,por ser um livro sobre os negros,sobre essa cultura que muitas vezes é escondida.
    bj.
    http://blogcarolarruda.blogspot.com
    @blogcarolarruda

    ResponderExcluir
  3. Impossível não querer ler esse livro depois de ler sua resenha, Monique. Ele parece ser maravilhoso!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Ahh que resenha incrível, o livro parece muito legal (apaixonada pela ilustração)
    Obrigada pela dica
    Beijos
    www.opsquerida.com.br
    www.instagram.com/siteopsquerida/

    ResponderExcluir
  5. Oi Monique, gostei que tem representatividade, mitologia, parece um universo bem criado! Lindas as fotos da resenha e curti a ambientação.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oiii Monique

    eu nunca li nada que envolva a cultura africana e a ambientação, a mitologia e a construção da história parecem ser tão únicos, tenho certeza que vale a pena. Vou anotar pra ler assim que possível.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Amei sua resenha!

    Esse livro me parece fantástico! Parece ser algo inovador, talvez.

    umminutoparaocosmo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Mo, tudo bem? =)

    Já ouvi falarem super bem dele e estou realmente curiosa para ler e sua resenha me deixou mais intrigada para compreender mais sobre a cultura africana e sim sobre toda essa trama e achei super linda a capa e a diagramação também <3

    Beijinhossss

    http://www.4youbooksmania.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Monique!
    Eu quero muito ler esse livro. Confesso que meu hype por ele caiu um pouquinho depois que autora fez um barraco na net, por algo futil, mas no geral ainda quero conhecer essa historia. To ansioso. Os detalhes culturais e o que mais me chama atençao

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Esse livro parece incrível! Adorei saber que já está sendo adaptado para o cinema!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  11. Que capa bonita! Essa temática meio mágica me apaixona hahah A história parece ser muito interessante, adorei a resenha.

    Iasmin Guimarães | E agora?

    ResponderExcluir
  12. Achei a premissa do livro superinteressante, principalmente pela edição linda e a riqueza de detalhes da história.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  13. Oie
    Nossa, fiquei super interessada neste livro. Primeira resenha que leio sobre ele e já quero ler. Adorei essa capa.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Beem grafado o livro que mapa da hora,boa resenha, parece um bom livro rs

    ResponderExcluir
  15. Olá Monique,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, vi muita divulgação dele mas ainda não tinha lido nenhuma crítica, gostei do que vi aqui e já vai pra minha lista...bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter