04 julho 2018

O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz

O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz

Um clássico retratado em história em quadrinhos fica mais infantil ou fácil de ser entendido? Nem sempre! O Idiota de Dostoiévski é uma história complexa, cheia de questionamentos da época, e que chegou em uma adaptação inusitada pela Quadrinhos na Cia da Editora Companhia das Letras. Um quadrinho em preto e branco com quase nenhuma fala/palavra.

Sinopse do Livro:

Em preto e branco, e num registro quase sem palavras, André Diniz propõe uma recriação surpreendente de O idiota, obra máxima de Fiódor Dostoiévski. Publicado em 1869 e escrito em meio a crises epilépticas e perturbações nervosas e sob a pressão de severas dívidas de jogo, o romance é um dos mais célebres da literatura mundial. Sua oralidade intensa encontra na explosão e na fluidez, na ternura e na enorme capacidade expressiva do traço de Diniz, uma correspondência única. A história é conhecida: após anos internado num sanatório suíço para tratar sua epilepsia, o jovem Míchkin retorna à Rússia e se vê envolvido num triângulo amoroso cujos ares folhetinescos darão o tom desta adaptação. Entre a vilania de Rogójin, um devasso perdulário que dilapida a fortuna herdada de seu pai, e a beleza arrebatadora de Nastácia Filíppovna, acompanharemos Míchkin e sua pureza quixotesca até o desenlace desta bela e trágica graphic novel.

O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz
O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz
O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz

Fiódor Dostoiévski foi um marco do romance de sua época. Apesar de conhecer pouco sobre ele e menos ainda sobre suas obras (como por exemplo Crime e Castigo e Os Irmãos Karamazov) fiquei muito curiosa com esse lançamento da Companhia das Letras e sua proposta super inusitada e diria até um pouco perigosa: retratar o clássico O Idiota em quadrinhos. E mais: quadrinhos que tem quase nenhuma fala.

Confesso que quando acabei de "ler" (entre aspas porque pouco se tem para ler, mesmo o livro tendo mais de 400 páginas) não sabia o que falar, sentir, etc. Eu precisei olhar de novo, com mais calma, nos detalhes. E ao longo que você sente a história, você começa a entender o quanto ela é carregada de sentimentos, que aqui são passados por expressões, gestos, desenhos de André Diniz.

O príncipe Líev Michkin, nosso personagem principal nos mostra como é viver em um mundo onde há egoísmo, ganância e falta de amor. Coisas que às vezes nem percebemos no dia a dia. Como o personagem é um homem que "voltou à vida" (estava em um sanatório desde criança até que se viu livre), conseguiu transparecer muito bem essa sensação de "uma criança olhando para o mundo" (pureza) para o leitor. Há também um triângulo amoroso na história, que acaba trazendo muita coisa ruim, mas também algumas coisas boas para se pensar. Não podemos dizer que a história só nos demonstra as desgraças pois não é verdade.

O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz

Após ter esse contato com a HQ, fiquei muito curiosa em conhecer a obra original (apesar de ter mais de 700 páginas e não gosto de histórias muito longas), mas ao mesmo tempo fico pensando o quão complexa deve ser essa leitura, e o quanto temos que estar preparados para isso. Afinal, todos os clássicos são um pouco complexos, até por terem sido escritos à muito tempo atrás.

Claro que a edição tem uma parte introdutória onde conta um pouco do autor e de suas obras, com ênfase na que iremos ler no livro: O Idiota. Gostei bastante dessa experiência. Foi uma leitura de quadrinhos nova para mim. Indico bastante conhecerem, principalmente para quem gosta de quadrinhos, pois esse é bem diferente. Os traços do ilustrador são fortes e cheios de personalidade. São únicos. Uma ótima leitura!

O Idiota: O Clássico de Fiódor Dostoiévski em Quadrinhos - André Diniz

Sobre o autor:

Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski foi um escritor, filósofo e jornalista russo considerado um dos maiores romancistas e pensadores da história. O autor abordava em suas obras temas como o sofrimento, a culpa, cristianismo, racionalismo, niilismo, pobreza, suicídio, etc. Sua obras mais famosas são: Crime e castigo, O idiota, Os irmãos Karamazov, O jogador, etc.

Sobre o ilustrador:

André Diniz é um ilustrador e quadrinista brasileiro, nascido em 1975 no Rio de Janeiro, autor de mais de 30 livros publicados em editoras como a Record, Leya, Conrad e Devir. Entre seus trabalhos mais conhecidos estão: Fawcett, 7 vidas, Duas luas, Que Deus te abandone, etc.

................................................................
Editora: Companhia das Letras
Autor: Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski
  416 Páginas

COMPRE O LIVRO NA AMAZON CLICANDO AQUI
................................................................

15 comentários:

Cada vez tenho mais vontade de ler histórias de quadrinhos. Existem tantos livros giros como esse :).
Beijinhos
Blog: Life of Cherry
que bacana!! ameei a dica, já quero pra mim
Blog Entrelinhas
Olá, Monique.
Eu não sei se me daria bem com esse tipo de quadrinhos. Ainda mais com uma história como essa. Não sei se leria.

Prefácio
Achei bem legal, mas poderia ter mais diálogos =D
Que interessante esse livro!! Gostei da ideia dele, por ser um quadrinho sem muitas palavras deve ser bem legal de imaginar e tal, mas sinceramente eu não teria paciência kkkk com certeza iria chegar na 10º pagina já passando tudo bem rápido só pra ver e terminar logo kkkkk Mas achei bem legal!!
Beijoos
Yanna Karim
Oi Monique, tudo bem? Eu confesso que tenho um tanto de receio da obra original rsrrss E sendo em quadrinhos eu acho que curtiria bem mais, não necessariamente por ser mais fácil, porque acho que não é rsrsrs Mas pela proposta mesmo da HQ! Curti a dica!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante
obrigado querida :)

o livro é lindíssimo :D adoro :D

NEW REVIEW POST | THE BEST DUO OF LIFE FOR MIXED AND OILY SKINS.
Instagram // Facebook Official Page // Miguel Gouveia - Blog Pieces Of Me :D
Oi, Monique!
Eu tenho alguns clássicos russos que quero ler, como Anna Karenina e Guerra e Paz, mas O Idiota nunca chamou muito a minha atenção. Que bom que você curtiu a leitura.


bjs,
Queria Estar Lendo
Oi, Monique!
Tudo bem?
Uau! Que releitura legal e diferente!
Adorei a proposta e o fato de ter poucas falas escritas.
É muito poder de interpretação.
Também nunca li nada dele. Tenho um pouco de medo de clássicos russos, hahaha. Intensidade e complexidade demais. Esse ano me propus a ler cinco clássicos da literatura mundial. Estou gostando e me surpreendendo. Mas não tem nenhum russo lá, haha.

Beijooos

www.casosacasoselivros.com
Adorei esse livro, achei a proposta bem diferente e com certeza vale a pena conhecer. Adorei a dica!

www.kailagarcia.com
Meu, que demais contar uma história assim em forma de quadrinhos.
Fica beeeem interessante :)

https://heyimwiththeband.blogspot.com/
Do Dostoievski, eu tentei ler Crime e Castigo quando ainda estava no ensino médio, há uns 5 anos atrás, achei a linguagem carregada e um pouco complicada, mas nunca perdi a vontade de ler os trabalhos dele. Talvez, esses quadrinhos sejam uma forma de eu (finalmente) começar a ter mais contato com o que esse homem maravilhoso escreveu <3Coisas Findas
Que livro mais diferente. Fiquei curioso.

Jovem Jornalista
Fanpage
Instagram

Até mais, Emerson Garcia

Postar um comentário

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter