10 julho 2017

Dica de Livro: O Canto Mais Escuro da Floresta

O Canto Mais Escuro da Floresta


Ao fim de um caminho na floresta, depois de um riacho e de um tronco oco cheio de tatuzinhos-de-jardim e cupins, havia um caixão de vidro. Deitava-se sobre o chão e dentro dele dormia um menino que tinha chifres na cabeça e orelhas pontiagudas como facas. Até onde Hazel Evans sabia, a partir do que tinha ouvido os pais contarem e do que os pais deles tinham contado a eles, o menino sempre estivera ali. E não importava o que acontecesse, ele nunca, nunca acordou. Assim começa a história de O canto mais escuro da floresta, escrito pela Holly Black (a mesma autora de Crônicas de Spiderwick) e publicado pela Galera Record.

Sinopse do Livro:

Hazel e seu irmão, Ben, moram em uma cidade onde humanos e fadas convivem. A magia aparentemente inofensiva desses seres atrai turistas de todas as partes, que querem ver de perto as maravilhas do lugar e, principalmente, o garoto de chifres e orelhas pontudas que descansa em um caixão de vidro. Hazel e Ben eram fascinados pelo garoto quando crianças. Mas, à medida que crescem, as histórias e teorias que inventavam perdem o encanto. Eles sabem que o garoto de chifres nunca acordará... Até que um dia ele acorda. Agora, os irmãos precisam se tornar os heróis que fingiam ser em suas brincadeiras e desvendar os mistérios que envolvem aquele príncipe com chifres.

O Canto Mais Escuro da Floresta


Foi difícil achar as palavras para escrever esta resenha. Nunca tinha lido nada da Holly, mesmo amando o filme Crônicas de Spiderwick. Que escrita leve e envolvente temos nas páginas deste livro. Uma escrita que com certeza traz toda essa magia que representa, igual a história. Porque, mesmo nas partes de mortes, das fadas sendo cruéis com os humanos, você nem liga, nem sente desprezo, a história te envolve de um jeito que é difícil descrever.

Nesta história conhecemos Fairfold, uma cidade pequena, com uma floresta ao redor, onde humanos e fadas convivem pacificamente. Esqueça o que você conhece como fadas, aqui não estamos falando dos seres fofinhos com corpos humanos e asas, que voam pela floresta. Nesta história, todos os seres fantásticos, sejam goblins, monstros em forma de árvores e outros seres mágicos são chamados de fadas. E eles não são nada fofinhos, pelo contrário, são cruéis e vingativos, e matam por prazer, além de zombarem dos humanos.

"Fairfold era um lugar estranho. Adormecido no meio da floresta de Carling, a floresta mal-assombrada, repleto do que o avô de Hazel chamava de Verdes e a mãe de Eles Mesmos ou o Povo do Ar. Nestas matas, não era estranho ver uma lebre negra nadando no riacho — embora lebres não sejam muito de nadar — ou flagrar um veado transformando-se em uma menina correndo num piscar de olhos. Em todos os outonos, uma parte da colheita de maçãs era entregue ao caprichoso e cruel Alderking. Guirlandas de flores eram trançadas para ele a cada primavera. O povo da cidade sabia que era preciso temer o monstro escondido no coração da floresta, que seduzia turistas com seu urro parecido com um choro de mulher. Seus dedos eram feitos de galhos e seu cabelo, de limo. Ele se alimentava de tristeza e semeava a corrupção das almas..."
O Canto Mais Escuro da Floresta


Essa convivência "amigável" entre humanos e fadas também se dá pois os humanos têm e fazem todas as superstições possíveis para isso acontecer. Como deixar uma vasilha com leite no lado de fora da porta, colocar aveia nos bolsos ao sair de casa e vestir as meias ao contrário. Essa parte faz até pensarmos em nossas próprias superstições do dia a dia.

Nessa história vamos nos aventurar na floresta junto com os irmãos Ben e Hazel Evans, duas das únicas crianças humanas que não tem medo de se aventurar por todo esse perigo desde bem pequenas. De cara conseguimos ver papeis invertidos bem fortes na história da Holly. Enquanto a menina é guerreira, e desde pequena gosta de "lutas e batalhas" e sonha em ser um cavaleiro, o irmão é mais romântico, adora música e é apegado a contos de fadas, esperando seu príncipe encantado.

"A comida era mais gostosa em Fairfold, as pessoas diziam, porque era temperada com feitiços. Os sonhos eram mais vívidos. Os artistas mais inspirados, e seus trabalhos, mais belos. As pessoas se apaixonavam mais profundamente, a música era mais agradável e as ideias vinham com mais frequência do que em outros lugares."
No começo a história parece um pouco confusa, misturando passado com presente, e fantasia com vida real. No decorrer da história tudo flui naturalmente e você não para até acabar, principalmente por a leitura ser leve e os capítulos curtos. Mesmo para quem lê bastante fantasia assim como eu, essa história é muito diferente e surpreende bastante. Tive sentimentos que não consegui explicar, e acho que foi o primeiro livro que me deixou sem palavras após terminar, tanto que demorei um pouco para saber o que escrever aqui para vocês. Com certeza recomendo a leitura. Principalmente para quem gosta desse gênero, é um prato cheio para muita magia, fantasia e confusão..

Sobre a edição:

Primeiramente que capa maravilhosa é essa? Não tem como não se apaixonar à primeira vista. Mas não é só por fora que o livro é maravilhosamente bem feito. Com uma diagramação ótima para leitura, espaçamento bom entre linhas e as páginas amareladas, é um prato cheio para uma leitura fluída. A parte interna da capa também tem desenhos floridos muito bonitos.

Sobre a autora:

Holly Black é norte americana e mora em Nova Inglaterra e ficou mundialmente famosa pela série de livros As Crônicas de Spiderwick. Folclore, fantasia e demais elementos no imaginário, se fundem e formam a mixagem de suas histórias. Ela também escreveu a série literária Magisterium juntamente com sua amiga, Cassandra Clare. Ganhou prêmios importantes da literatura inglesa como: Andre Norton Award, Mythopoeic Award e Newbery Honor.

................................................................
Editora: Galera Record
Autor: Holly Black
Assunto: Fantasia
Páginas: 294
Para comprar: clique aqui


Avaliação da Leitura:  

................................................................ 

22 comentários:

Oi Monique da autora eu só conheço o filme As Crônicas de Spiderwick que eu gosto bastante! Eu comecei ler O canto mais escuro da floresta, mas ainda não terminei, bom saber que vc curtiu! A capa é lindíssima!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante
Que livro apaixonante, amei a capa!!

papeldeouro2016.blogspot.com.br
EU tava procurando um livro fofo pra ler, e acho que encontrei esse!
ameeei

http://phalto.blogspot.com.br/

Beijo
Oi Monique, tudo bem?
Não parece bem meu tipo de leitura, mas achei liiinda a capa e a contracapa.
Beijos,

Priih
Infinitas Vidas
Oláá! tudo bem?
Eu fiquei apaixonada por essa capa desde que vi na livraria! Então, adorei ver a resenha dele aqui e de saber que você gostou, porque estava querendo ler. adorei o que falou sobre a escrita dela e que é um prato cheio para magia e fantasia ^^
beeijo

http://lecaferouge.blogspot.com.br/
Não conhecia o livro.. parece ser muito bom... eu gosto de contos. A capa é linda e o conteúdo parece ser mais lindo.

Daniele

Dezesseis
Oi Monique,

Tenho vontade de ler esse livro por ser da Holly, pois gosto muito da escrita dela.
Já está na minha lista.

Bjs
http://diarioelivros.blogspot.com.br
Parece ser um livro nem diferente mesmo.

Até mais,
Emerson Garcia

Fique ligado nos últimos posts do JJ antes do recesso de inverno!

#jj #jovemjornalista #últimasemana #temporada2017A

Jovem Jornalista
Fanpage
Instagram
Muito lindo a capa gente eu adorei rsrsrs

Beijinhosss ;*
Blog Resenhas da Pâm
É Monique, sou obrigada a dizer que o seu blog é a coisa mais linda que eu já vi na blogosfera e estou te seguindo no instagram pra ver todos os livros que você já leu pra eu ler também. Esse será o primeiro. Amo tudo relacionado a fadas.

Blog Paloma Marcarini
Oi, Monique!
Menina, eu quero muito ler esse livro porque ele lembra muito um conto que li da Holly Black e adorei!
Beijos
Balaio de Babados
JÀ LI ESTE!!!!! Sabia que este dia chegaria! haha
Adoro demais ele , me encantei por cada palavrinha!


Beijos da Nah
www.oxifalei.com.br
Instagram: @blognatielesouza
Youtube: Natiele Souza
A história parece ser mágica mesmo, uma graça! E que capa lindinha, muito delicada! <3
Olá, Monique.
Eu amo a escrita da autora. Por isso quando vi que lançou esse fiquei doida para ler. E acabei comprando mas ainda está na fila de leituras. Espero gostar.

Prefácio
Olá, tudo bem? Eu quero muito ler esse livro, parece ser muito bom... Adorei sua resenha!

Beijos,
Duas Livreiras
Achei linda a capa *U*

Beijos,
www.thalitamaia.com
Tenho a maior curiosidade de ler Holly Black, fiquei babando nessa capa quando saiu o lançamento e essa resenha me deixou com ainda mais vontade de ler o livro.

Jaci
#DoQueEuLeio
Oi
que bom que também gostou da leitura, esse foi uma grata surpresa quando li, ainda não tinha lido nada parecido, também foi meu primeiro contato com a autora e essa edição está linda.

momentocrivelli.blogspot.com.br
Eu nunca tinha ouvido falar desse livro não e achei ele bastante interessante e bem diferente dos gêneros que sou acostumada a ler!

Estou conhecendo agora seu blog e amando! Estou seguindo o blog e seguindo no google+, estamos com metas para esse mês no meu blog, será que teria como dar uma ajudadinha?
Estou te esperando por lá, e amei o post, e estou amando tudo por aqui ♥
Beijos,

batomveermelhoblog.blogspot.com
@batomdamanda
A capa é linda e a história parece ser bastante interessante.

www.paginasempreto.blogspot.com.br

Beijos
da leitura, esse foi uma grata surpresa quando li
Com certeza, além de uma capa bela, discursa sobre o lado tenebroso do encantado. Amei *-*

Postar um comentário

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter