10 maio 2018

Projeto Cartas para você #2

Olá, tudo bem com você?

Estava outro dia junto com minha vó em uma visita rotineira ao hospital. Ela teve que ficar por lá alguns dias, e como ela é idosa, não pode ficar sozinha, então eu fiquei um dia lá com ela. Como sempre, fui com um livro embaixo do braço. Que leitor não leva um livro para todo lugar né?! No fim acabei nem lendo nada pois a gente ficou conversando, mas ele sempre está comigo. Quando eu falei para ela que estava com um livro, ela me falou uma coisa que eu nunca esperaria e que me tocou e me fez pensar muito...

Minha vó nunca teve a oportunidade de estudar. Acho que ela fez só até a terceira ou quarta série, porque na época a escola ficava longe e também porque as crianças começavam a trabalhar muito cedo. Agora, depois de idosa ela frequentou a escola da terceira idade, pois ela falou que queria aprender a escrever o nome dela. Ela fez pouco mais de dois anos, pois depois ela começou a ficar doente e teve que parar. Mas ela hoje sabe assinar seu nome e também ler algumas palavrinhas. Muito orgulhosa de si!

Aquele dia no hospital ela falou que o sonho dela era saber ler, para pode ler muitos livros e histórias diferentes que existem. Nunca pensei que fosse ouvir uma coisa dessas dela e me fez pensar muito. A gente tem o privilégio de aprender a ler e escrever e às vezes nem reconhecemos o quanto isso é importante. O quanto abre fronteiras e faz a gente conhecer coisas infinitas, além de aumentar o vocabulário, etc...

Também já ouvi, quando dei um livro de presente para um priminho de quatro anos de idade, que era para ele guardar para ler na escola quando começasse a estudar. Seus pais tinham muita preguiça de ler para o pequeno e falaram: "- Deixa para a escola porque o pai não sabe ler". É uma brincadeira de muito mal gosto fazer isso com uma criança, sem contar que, a educação e os costumes vem de casa. Não adianta a criança ser estudiosa se os pais colocam "para baixo". Então, não sejam esses tipos de pais!

Somos tão privilegiados por tantas coisas (muitas vezes simples) que nem percebemos todos os dias. Coisas simples para a gente e grandiosa para outras pessoas. Precisamos aprender a agradecer mais, todos os dias. Ao sol, à chuva, à educação, à saúde, ao aprendizado, etc... É fácil, rápido e renovador. Tenha o seu melhor mantra todos os dias. E você será sempre uma pessoal de alma leve e feliz.

Um abraço e um bom dia cheio de boas energias para você!

_______________________
Essa carta é para você, para nós e para todos. Faz parte do projeto Cartas para Você ♥ que será postado no dia 10 de cada mês. Esse projeto é feito junto com o Di do Vida e Letras e a Emy do Meraki. Se quiser saber mais e quem sabe participar também (todos são bem vindos!), saiba mais no blog Vida e Letras clicando aqui. Envie o link do seu texto para vidaeletras@gmail.com

14 comentários:

Que carta linda e que nos faz pensar... Acho que dificilmente paramos para agradecer por coisas como essas que parecem "normais" para a gente, né? Quando pensamos em gratidão, achamos que diz respeito somente a bens conquistados e de grande valor, quando na verdade a gratidão é mais do que isso, gratidão é saber agradecer pelo ar que respiramos, pelo sol que nos ilumina... Essas coisas simples, mas que fazem toda diferença na nossa vida ♥

E concordo muito sobre a educação das crianças... O meu amor pelos livros e pela magia eu faço questão de passar para a minha filha. Ela já tem sua pequena coleção de livros, ahaha

Um beijo ♥
Meraki | Emy Teranishi
Olá, Monique.
Eu amei a carta. Infelizmente ler é algo que as pessoas não dão muito valor. E quando nos deparamos com alguém que queria apenas isso é que vemos o quanto ler é importante.

Prefácio
Sua avó é uma linda e pena que não teve a chance de ler histórias incríveis, mas nunca é tarde demais. E a carta ... perfeita.

clebereldridge.blogspot.com.br
Oi..
Menina quase chorei aki!
Que fofa sua vovó e ela tem toda razão!
Temos o previlégio e nem sempre damos valor!
Amei seu post!
Grande beijo pra sua avó!
Pra vc tb!
https://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br/
such a wonderfull post dear i like it,thanks for sharing..

https://clicknorder.pk online shopping in pakistan
Owwnn que fofa a sua vó! A iniciativa dela foi super bacana!
Realmente, temos acesso e muitas vezes não valorizamos isso!

Beijo!
Cores do Vício
Olá Monique! Tudo bem?
Seu post me lembrou tanto minha avó, que mesmo não sabendo ler nem escrever, me incentivou a estudar e me apoiou quando decidi fazer faculdade e o resto da minha família era contra. Temos que realmente valorizar tudo isso e agradecer todos os dias por tudo que temos.
Obrigada pelo comentário lá no blog.
Volte sempre!

~ miiistoquente
Que história linda, Monique.
Bom final de semana!

Jovem Jornalista
Fanpage
Instagram

Até mais, Emerson Garcia
Que reflexão mais linda, me tocou muito. Fazemos coisas extraordinárias e agimos como se fossem coisas normais. Só podemos ser gratos por sermos tão perfeitos e por termos tantas oportunidades!

www.kailagarcia.com
Oi Monique!
Amei o texto, sem duvidas inspirador.
O ser humano em si realmente não reconhece o quão forte e importante a pessoa é por simplesmente conseguir ler e escrever. As palavras tem um poder gritante que muita gente ignora. Eu realmente não sei o que seria de mim sem o blog. Eu escrevo lá como forma de me complementar <3

Abraços
David
http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/
Que carta linda Monique <3
Valorizar a leitura é um ato lindo, e eu fico triste por saber que muitas pessoas não valorizam :(

Beijos
barbfurtado.blogspot.com
Que linda a história da sua vó! <3
Realmente às vezes a gente não dá valor para certas coisas que parecem ser tão corriqueiras, né?
Eu leio para os meus sobrinhos desde que eles eram bem novinhos e olha só, o João até resenha os livros que lê agora. O Miguel de 8 aninhos vê o irmão resenhando e agora falou que quer resenhar também! Hahahah
Adorei a carta.

Beijos
- Tami
https://www.meuepilogo.com
que texto lindo! realmente somos privilegiados nas pequenas coisas do dia a dia e mts vezes nao damos valor

www.tofucolorido.com.br
www.facebook.com/blogtofucolorido
O exemplo dessa carta é algo que tento passar todos os dias para os meus alunos na sala de aula. Faço questão de falar do quanto pessoas querem a oportunidade de estudar, de buscar conhecimento e não tem. Se a atinjo meu objetivo não sei, mas se pelo menos pudermos fazer pensar e refletir para mim está ótimo!

E acho que sua carga serviu para isso; serviu para fazer uma pessoa repensar as oportunidades que tem na vida e não agarra.

Bjão,
Di, www.vidaeletras.com.br

Postar um comentário

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter