19 março 2013

desabafo...


Odeio pessoas que rotulam. Que acham que são mais que você, ou menos que você. Porque não conseguem simplesmente tratar os outros como igual. Que mania que as pessoas tem de rotularas pessoas por sua família ou gostos.

Eu nunca passei fome eu sei, mesmo já tendo passado sufoco quando meu pai perdeu muito dinheiro em um negócio com um sócio ladrão. Mas uma pessoa falar que eu sou de berço, que agora eu tenho que trabalhar e que "acabou a mamata" eu não aceito. 
Eu nasci e cresci no interior. Ajudava minha vó a fazer buques de flores ( que ela vendia ). Só porque não trabalhei por dinheiro não quer dizer que nunca ajudei ninguém.

Quando eu tinha uns 11 anos de idade, eu saia da escola direto para a fruteira que meu pai tinha (junto com o sócio que mais tarde roubou um monte do meu pai), para trabalhar com meu irmão 1 ano mais velho que eu; tanto arrumando as frutas e ensacando as compras, quanto entregando panfletos na sinaleira. e a gente fazia isso muito feliz, tudo a gente levava na brincadeira. eu sou super feliz da criação que tive graças a Deus.

Do jeito que as pessoas falam as vezes, parece que a gente ficou dormindo até ontem e hoje teve que acordar para a vida e por obrigação começar a trabalhar.

Eu nunca esbanjei carro, casa, e porcaria nenhuma. sempre preferi andar de ônibus e apé do que de carro.

Por isso que eu digo ( e desculpe quem não concorda ) mas pessoas com menos dinheiro as vezes esbanjam mais e se acham mais que pessoas com um pouquinho mais.
Não estou reclamando da minha situação social. E nem sou rica, mas também não sou pobre. mas por eu não ser pobre não quer dizer que eu mereça rótulos. existem os dois lados.

Conheço muita gente que chora dizendo que é pobrezinho, que passou fome, mas ta la esbanjando carrão, compra roupa toda semana e nem come comida do dia anterior, tem que jogar tudo fora e fazer tudo novo.
Eu compro roupa a cada dois anos e olhe la ( sim, não compro roupa nunca, enquanto serve ta valendo hehehe, mas não sou mal arrumada não hehehe ), ando a pé, como comida do outro dia e acho super bom. E dai vem essas mesmas pessoas "pobrezinhas" me rotular de filhinha de papai. Isso que me da uma raiva.

Talvez meu pai tem um pouquinho mais de dinheiro porque soube investir, soube economizar e acima de tudo sempre trabalhou e trabalha muito. E se ele tem dinheiro, é dele e não meu. Eu estou trabalhando e batalhando pelo meu dinheiro.

Desculpe o desabafo mas já tinha tempo que queria falar isso. Se vocês não concordam tudo bem. Só foi uma opinião que não deixo de ter.

2 comentários:

sem palavras aqui '-'
Ai, querida! Sei bem o que passas, já passei por isso. É terrivelmente irritante e eu tenho vontade de esganar quem fala esse tipo de coisa. As pessoas sempre acham que é tudo muito fácil, que as coisas vem sem trabalho, sem dedicação... Que se hoje tenhoo algo, foi fácil e que hoje eu não posso reclamar pq está ok. Sim, pq além de tudo são "paradas na vida". Sério, mesmo, até quando? Bando de invejosos, isso sim! E não dá bola, não. Quando comecei a ignorar e simplesmente dizer aquilo que eu penso, as coisas melhoraram. Às vezes até aparece algum chato, mas são poucos, haha ;D

Força, amiga!!! ;)

Beijo grande :*
PS: Saudades de ti, ja! E o teu carinho e sotaque fofos :)

Postar um comentário

Espero que tenha gostado da postagem. Também vou adorar ler sua opinião.
Não deixe de seguir o blog nas outras redes: Instagram | Youtube | Facebook | Twitter